Hotel Parnaíba
Destaques

Câmara de Timon se reúne com servidores públicos do município para discutir Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da categoria


Elias Lacerda
Governo do Estado do Maranhão

Na manhã desta quinta-feira (10), a Comissão de Orçamento, Finanças e Obras Públicas da Câmara Municipal de Timon, presidida pelo vereador Ivan do Saborear (PTB), esteve em reunião com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SINSEP). A reunião aconteceu na presidência da Casa Parlamentar e teve como objetivo discutir sobre questões relacionadas ao Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos funcionários.

 

Estiveram presentes a presidente do SINSEP, Isabela Ferreira; o Procurador Geral do Município, João Santos, e os vereadores Ivan do Saborear (vice-presidente da Câmara), Felipe Andrade (relator da Comissão), José Carlos Assunção (PSB) e professora Cláudia Regina (PMB).

Na ocasião, os servidores públicos apresentaram várias demandas, dentre elas uma solicitação na qual pedem celeridade no tocante ao impacto financeiro do PCCV. Outra questão levantada pela categoria faz referência à necessidade de uma reunião com o prefeito Luciano Leitoa (PSB) no sentido de se verificar a situação financeira do Executivo e vislumbrar uma progressão para a classe.

Ao se pronunciar, o vereador José Carlos parabenizou o Sindicato pela gestão participativa que o segmento vem desenvolvendo na luta por seus direitos e se colocou à disposição do SINSEP neste processo. Ele também destacou a participação do Poder Legislativo nos processos de votação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários de várias categorias dos servidores municipais de Timon. Já a vereadora professora Cláudia reforçou a sua disposição em lutar junto com os servidores nesta causa e participar positivamente em favor do processo de votação do Plano.

 

Ao final da reunião, o procurador geral do Município fez um relato acerca de todo o processo mencionado. Na ocasião, ele também discorreu sobre a importância de as Secretarias Municipais de Administração, Planejamento e Finanças realizarem um levantamento financeiro sobre o impacto que o Plano pode causar ao município, bem como a possibilidade da aprovação do Plano da forma como está. Ao ser questionado sobre a participação do prefeito na discussão, o procurador ressaltou que a análise da proposta depende das secretarias de Administração, Finanças e Planejamento, e que o gestor irá apenas tomar a decisão final, além de enfatizar que a Câmara e a Procuradoria servem de elo entre o Sindicato e a prefeitura, no sentido de buscar soluções ao problema. Como encaminhamento, ficou acertada uma reunião para o dia 22 de agosto, com local ainda a ser definido, entre a Secretaria de Planejamento, a Procuradoria Geral do Município, a Secretaria de Administração, de Finanças e o SINSEP.

(Da assessoria)

Você pode ler também!

Deixe um comentário



Barro Forte