Governo do Estado do Maranhão
Edi - Porta Retrato

Salgado Maranhão é homenageado em Timon



Governo do Estado do Maranhão

 

— A poesia é, para Salgado Maranhão, como pão e água, ele depende dela para viver — diz.

— Trata-se de uma rara mescla de encantador de palavras e artesão exigente.

Analfabeto até os 15 anos, poeta vem recebendo atenção crescente no exterior. Nordestino, ama o Rio, onde vive desde 1973. Linguagem mistura o urbano com a vivência do interior

(José Salgado Santos) Letrista. Poeta. [Nasceu em Caxias, no Maranhão, em 1954] Ainda adolescente, mudou-se com os irmãos e a mãe para Teresina.Escreveu artigos para um jornal local e conheceu Torquato Neto, que o incentivou a ir para o Rio de Janeiro, o que fez no ano de 1972. Estudou Comunicação na Pontifícia Universidade Católica (PUC). Terapeuta corporal, foi professor de tai chi chuan e mestre em shiatsu.

 

Essa semana esteve aqui na cidade de Timon onde foi homenageado pela Sec. municipal de educação na escola Marechal Castelo Branco. logo após Salgado Maranhão  resolveu ir  deliciar aquele peixe bem gostoso no Bar do Reginaldo Linha Fina e rever alguns os amigos.

Fotos: Edi Vasconcelos

“Salgado Maranhão é um dos mais brilhantes poetas de sua geração e possui um trabalho de linguagem muito pessoal. “Sinergia” é a palavra que define sua poesia. Uma poesia de palavra, muito embora não ignore o real, pois o traduz em fonemas e aliterações. Que não hesita em ir além da lógica do discurso (ou do enlace com o plausível) se o resultado é o impacto vocabular e o inusitado da fala.”
FERREIRA GULLAR

Encontro de Titãs Mestre Maleiro Boi Riso da mocidade e os escritores Dudu Negrete e Salgado Maranhão

http://edivasconcelos.com.br/

whatsapp 8857-0682

Deixe um comentário