Hotel Parnaíba
Destaques

Aliado de de Alexandre Almeida rechaça ideia de que está cotado para a presidência da Câmara



Governo do Estado do Maranhão

alealeO policial militar à disposição da Assembleia Legislativa do estado, Anderson Pêgo, não parece nem um pouco disposto a ser coadjuvante do processo político deste ano em Timon. Pré-candidato a vereador pelo PSD de Alexandre Almeida e amigo pessoal do deputado, Pêgo está levando muito a sério seu projeto de candidatura.

Ainda residindo em Teresina, ele sabe que muitos de seus adversários podem tentar lhe disparar críticas por este motivo. Para tanto, já tem discurso pronto para justificar sua pré-candidatura em Timon. Em sua página no Facebook ele disse:

“Sou filho de uma timonense e um mineiro, funcionário público e faço política na cidade de Timon-MA. Acredito que podemos juntos RENOVAR a política!”.

Presidente da Câmara

Como é homem de confiança de Alexandre, já tem muitos apostando que caso Anderson Pêgo e o deputado consigam se eleger, o policial militar pode se tornar um forte postulante a presidência da Câmara Municipal de Timon. “Aí já estão é querendo me queimar com essa história”, descartou ele sobre o assunto em conversa com o jornalista Elias Lacerda.
(Da coluna Bastidores do Leste, do jornal O Leste)

Você pode ler também!

  • eduardo rodrigues disse:

    chegaremos com o amor e graça divina,e jamais com arrogancia e sarcamos,vamos chegar lá

  • Aroldo Diniz disse:

    História : é a ciência que estuda o Homem e sua ação no tempo e no espaço, concomitante à análise de processos e eventos ocorridos no passado, baseado nisso, vejo que participar da politica para fins próprios vai em contradição á própria,acredito que aqueles que dão bom dia,boa tarde e boa noite fora da época eleitoral é quem deveria ocupar cargos públicos.

  • DENIS SERVIO disse:

    *chegar

  • DENIS SERVIO disse:

    Pra chagar lá vai depender de muita coisa:
    Primeiro, se justificar perante a Justiça Eleitoral pelo fato de ser domiciliado em Teresina;
    Segundo, precisa que seu candidato a prefeito seja eleito;
    E por fim, que ele mesmo seja eleito.
    É muita coisa pra acontecer!

Deixe um comentário



Barro Forte