Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Alunos da zona rural podem estudar na quarentena com material disponibilizado pela educação

Ter uma rotina em casa nesse momento de distanciamento social nem sempre é fácil, mas é importante que os estudantes sejam estimulados a manterem seus estudos. Por isso, professores e coordenadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) de Timon estão disponibilizando atividades pedagógicas para os alunos da rede.

Muitas dessas atividades são ofertadas pela internet, mas para os estudantes que não têm acesso à rede, algumas escolas estão disponibilizando atividades impressas. Em alguns casos, as escolas agendam para que os pais e responsáveis recebam o material na própria escola. Para os que moram mais distante, a própria equipe da Semed se descoloca até a casa do aluno. Na última segunda-feira (25), por exemplo, a equipe da Semed esteve no Povoado Onça, para entregar as atividades dos estudantes da EMEF Pedro Gomes.

 

“Aproveitamos a oportunidade para já pegarmos as atividades que forma deixadas na semana anterior para a correção. Temos ainda todo o cuidado no momento da entrega. As atividades vão lacradas em sacos e ainda distribuímos para os alunos máscaras fornecidas pela Vigilância Sanitária e pela Semed”, explica Irenildes Cunha, da coordenação do campo da Semed.

“Toda semana eu recebo as tarefas para fazer com meu filho, o Vitor Gabriel. Nós fazemos em casa e devolvemos para a professora. É importante porque ele não está perdendo o foco e continua trabalhando o seu aprendizado”, afirma Gizelia Maria Silva, mãe do estudante Victor Gabriel do 1º período da educação infantil.

Quanto aos estudantes com acesso à internet, as atividades são enviadas pelos professores por aplicativos de mensagens, como o whatsapp. Além disso, a Semed disponibilizou a plataforma: http://www.timon.ma.gov.br/semed/estudeemcasa/, que fornece semanalmente atividades para os alunos do ensino Infantil e ensino Fundamental.

“Precisamos lembrar aos pais e responsáveis que estas atividades não substituem as aulas. Elas são voltadas para que os alunos mantenham uma rotina de estudo e façam a revisão de conteúdos que já foram apresentados em sala de aula. Em relação ao calendário escolar, este será refeito quando houver uma data para o retorno das aulas nas escolas da rede municipal”, esclarece a secretária de Educação, Dinair Veloso.

 

Da assessoria

1 comentário

Rômulo Rocha
Comentou em 26/05/20

A educação tem sua importância para todo o homem. É o que não se pode deixar de lado, principalmente numa Pandemia.
Os trabalhos da Secretaria de Educação mesmo que seja o mínimo possível. Já, vejo de forma diferente. Educar o aluno na zona rural, sendo aqui em Timon ou em quaisquer lugar do nosso Brasil .
Não é tarefa fácil . Há muito obstáculos , é um trabalho de “formiguinhas” que se merece tirar o chapeu . Eu não quero saber a que partidos os educadores da educação esteja , só tenho de colocar minha nota 10 pra todos vocês de Timon, até do Brasil.
Todos educadores da zona rural tem o meu apreço sei que luta não é fácil . Mas sei que têm pessoas de Responsabilidade e Caráter na frente da educação de Timon.
Assim, o nosso público escolar infanto -juvenil vai ser sim educado,e ter sua formação vindoura.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael