Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Bolsonaro confirma que tem plano para Sérgio Moro ser seu vice em 2022

Em entrevista exclusiva, presidente acusa Witzel de querer destruí-lo no caso Queiroz e diz que um ex-assessor estaria envolvido no plano para assassiná-lo

O ministro da Justiça, Sergio Moro, e o presidente Jair Bolsonaro em solenidade do lançamento do Projeto em Frente Brasil

Apesar de dizer que se sente como um prisioneiro sem tornozeleira eletrônica desde que assumiu o governo, Jair Bolsonaro já anunciou que pretende disputar a reeleição. Ele confirma a possibilidade de formar uma chapa com o ministro Sergio Moro. “Nós somos Zero Um e Zero Dois. Tem de ver se ele quer. Nunca entrei em detalhes com ele sobre esse assunto, até porque é cedo demais para discutir, causa ciúme. Você daria um sinal de que não está satisfeito com o Mourão, e da minha parte está tudo tranquilo com o Mourão. O Moro não tinha uma vivência política. A cabeça dele enquanto juiz pensava assim: ‘Se eu fosse presidente, faria isso’. Agora ele conhece a realidade. Mas seria uma chapa imbatível.”O presidente falou sobre o assunto em entrevista exclusiva a VEJA, no Palácio da Alvorada. Pouco antes da conversa, ele teve a visita de seu advogado pessoal, Frederick Wassef, e descobriu que a tranquilidade era apenas aparente. Um novo e barulhento escândalo envolvendo a família Bolsonaro estaria prestes a explodir. Acertou em cheio. Na quarta 18, o Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro realizou uma megaoperação para desvendar o caso da “rachadinha” que implica seu filho Flávio e o ex-assessor Fabrício Queiroz. “Tenho convicção de que no final vão concluir que o Flávio não tem nada a ver com o problema dos outros. Há uma obsessão do governador do Rio (Wilson Witzel) em ser presidente a qualquer custo”, acusa Bolsonaro, insinuando que tudo não passa de uma armação do agora rival político.

 

Da revista Veja

 

1 comentário

Roberto Araujo
Comentou em 26/12/19

Esse cara está com mania de perseguição. É mais fácil pra ele apontar alguém ( principalmente o Governador, que manifestou uma vontade de se candidatar à Presidencia) como possíveis mandantes de uma conspiração, do que obrigar o filho a encarar a justiça e assumir seus atos.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
TekyNik