Com suspeita de ter contraído coronavírus, professora Fafá reclama da falta de assistência da prefeitura

Ex-vereadora , presidente da executiva municipal do PSOL de Timon e pré-candidata a prefeita da cidade para as eleições deste ano, a professora Maria de Fátima Oliveira da Silva, a Fafá, está com suspeita de ter contraído coronavírus. Moradora do bairro Santo Antonio, ela conversou com o jornalista Elias Lacerda e reclamou da falta de assistência da prefeitura de Timon no acompanhamento de sua doença.

Fafá contou que está em casa isolada e que na última segunda-feira, dia 18, foi a UPA onde foi medicada e colhido seu material para exame de Covid 19. “Disseram que o resultado só sairá daqui a 15 dias, pois foi levado para São Luis. Estou em casa e a secretaria de saúde não tem me acompanhado. O Ministério da Saúde é que tem ligado, mas só através de gravações e não tenho nenhum resultado prático de assistência”, disse ela.

Fafá usou as redes sociais também para colocar sua situação. Veja abaixo:

6 cometários

Nazaré
Comentou em 23/05/20

Falta de respeito para com cada pessoa humana.

Adriana Dias
Comentou em 23/05/20

Eu acho que todas as medidas foram tomadas,porém existem pessoas que acham que nunca vão precisar de usar o sistema único de saúde e estão sempre distribuindo simpatias nas ruas,ai quando estão doentes culpam sempre a saúde ,e o prefeito por negligenciar acompanhamento.Eu pergunto:Os decretos alguém leu?Se tivessem lido é óbvio que não estariam doentes,o isolamento social foi pra isso meus amores…

Solange
Comentou em 23/05/20

Na vdd temos que ficar em casa mesma. Por que se dependemos de serviço ou apoio do Sr prefeito de Timon estamos fritos. Por isso casa um façamos a nossa parte .e manter nossa fé premente no modo pai amado e bondoso que nos fortalece e nos blinde de todo o mau. Principalmente desse tal corona vírus. Deus te abençoe fafa e lhe cure

JOSERISVALDO
Comentou em 23/05/20

Boa tarde!
Os reclames sao normais e devemos mesmo manifestar iindignação quando nao são feitos os procedimentos clinicos mas, mas os profissionais fizeram seu papel, atenderam.-a. No texto á uma contradição.
A propria relata que foi atendida e todos os procedimentos protocolados qual é o erro mesmo?

Há não Fafá, gosto de você mas essa ai não colou não.

O TSE nem decidiu ainda sobre o pleito eleitoral se é outubro ou dezembro.
Politica é uma arte, mas sem publico o artista não existe.

Meu sinceros eligios aos grandes profissionais de saude de nossa cidade e todo o corpo de pessoal que fazem nosso H.P.A.
UPA.
H.ALARICO PAXECO EM FUNCIONAMENTO 24HORAS.

Prof. fafa
Comentou em 23/05/20

Você está misturando as coisas, devia ter respeito, reclamei pela a demora do resultado e a vigilância não entrou em contato comigo para os procedimento,todos somos gratos, inclusive, assinei a petição nacional a favor dos profissionais da saúde

JOSERISVALDO
Comentou em 24/05/20

Bom dia!
Não companheira, nao faltei com respeito eu apenas, observei dois pontos no texto.
Entenda minha opinião.

–A prefeitura nao deu atenção.
–A companheira foi devidamente atendida pelos profissionais.

Me basiei no contraditório. Agora é que Sra diz que a demora dos resultados dos teste é que são as razões de sua insatisfação. Ora, se pessoas devidamente diagnosticada por grandes profissionais em saude vem a obito por covid-19 e tem gente que tumultua as coisas, imaginem testes feitos aqui na cidade. Voce sabe como sao algumas pessoas na cidade que respira – se e vive-se pilitica todos os segundos!
Meu abraço FAFÁ.

JOSERISVALDO#13

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte