Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Flavio Dino diz que independente do presidente eleito, levará a Brasília relação de obras inacabadas do governo federal no Maranhão

Em entrevista nesta manhã de segunda-feira (15) à Rádio Timbira, em rede com uma série de emissoras do interior do Estado e da capital, o governador Flávio Dino (PCdoB) disse que a primeira providencia que tomará a partir de janeiro 2019 será apresentar ao futuro presidente da República, independente de quem seja o eleito no segundo turno, uma lista de obras inacabadas do Governo Federal no Maranhão e que precisam ser retomadas com urgência.

Para o governador qualquer governo federal tem o dever de retomar e concluir as obras inacabadas. “Eu encontrei obras inconclusas e estou trabalhando para concluí-las. A prioridade e concluir o que existe”, disse Dino ao responder pergunta sobre o que reivindicaria do futuro presidente para o Maranhão.

O governador citou uma série de obras inacabadas, entre as quais as BR-135, BR 226, creches, quadras esportivas em escolas, reativação do programa Minha Casa Minha Vida e adiantou: “qualquer que for o presidente eu, em janeiro, estarei lá com alista de obra inconclusas”.

Dino observou ainda que em São Luís existem muitas obras de saneamento inconclusas, como estações de tratamento e rede coletora de esgoto, assim como um conjunto de obras federais no Maranhão precisando ser concluídas. “Essa vai ser a primeira reivindicação que levaremos ao presidente da República”.

O governador, que apoia a candidatura do presidenciável Fernando Haddad, disse que não vê dificuldade em apresentar as reivindicações caso o vitorioso seja o candidato do PSL, mas lamentou a falta de debate entre os candidatos. Para Flávio Dino, “candidato que se nega ao debate nega a democracia”.

Do blog do Domingos Costa

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael