Governo libera neste mês o saque do FGTS para trabalhadores; Saiba mais detalhes

De acordo com a medida provisória do governo federal, a liberação do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) está marcada para o dia 15 de junho. Tanto as pessoas que possuem conta ativa como inativa poderão sacar até um salário mínimo, ou seja, o valor de R$ 1.045,00.

O dinheiro ficará disponível para resgate até o dia 31 de dezembro de 2020. A medida visa amenizar os impactos econômicos que a pandemia do coronavírus vem causando ao trabalhador.

Quem pode sacar o FGTS?

Qualquer cidadão que tenha conta ativa ou inativa.

Quanto poderá ser sacado?

Acesse Agora as Principais Notícias no Brasil e fique atualizado
O limite de saque é até R$ 1.045,00. Aqueles que tiverem mais de uma conta também terão o mesmo limite de saque. Por exemplo, se o trabalhador tiver R$ 500,00 numa conta e R$ 1.500,00 em outra, poderá resgatar R$ 500,00 de uma e R$ 545,00 de outra para resultar em R$ 1.045,00.

Quando poderá sacar?

Até o momento, o cronograma de saques não foi liberado pela Caixa Econômica Federal, instituição responsável pelo pagamento. Porém, isso deve acontecer nos próximos dias. O calendário deve seguir a ordem de costume da liberação, por mês de aniversário do contribuinte.

Tenho mais de uma conta, por qual começo a sacar?

De acordo com a ordem de saque definida pela medida provisória, o trabalhador deve começar a sacar de contas inativas referentes a empregos anteriores e com menor saldo, e logo após, poderá resgatar o dinheiro de conta ativa, também com menor saldo.

Sou obrigado a receber o dinheiro caso não queira sacar o FGTS?

Para aqueles que possuem poupança na Caixa, é necessário informar o banco sobre a sua decisão, pois o dinheiro cai automaticamente na conta. O prazo é até 30 de agosto. Quem não é cliente da estatal e não quiser receber o dinheiro, é só não sacar que ele volta para o fundo de garantia sem nenhuma perda.

Como será o saque do FGTS durante a quarentena?

A Caixa orienta aos trabalhadores para que não lotem as agências e lotéricas para evitar a disseminação de novo coronavírus. O dinheiro poderá ser transferido para qualquer conta, sem custo algum para o trabalhador por meio do aplicativo FGTS.

O saque de R$ 500 ou R$ 998 do FGTS ainda está em vigor?

Não. O prazo para realizar o saque-imediato terminou em 31 de março. O recurso voltou para a conta do fundo de quem não sacou sem perda de dinheiro.

2 cometários

Gluksmann Viana Freire
Comentou em 10/06/20

Muito bom gostei muito …a informação de forma precisa e correta.

Joubert de Souza Monteiro filho
Comentou em 10/06/20

Toda informação é bem vindo

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik