Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Morre o preparador físico timonense, Jaime Costa Neto

Foi anunciada pela família a morte do preparador físico timonense, Jaime Costa Neto.

Segundo informações, que chegam ao eliaslacerda.com, ele estava há vários dias internado para tratamento de um câncer, mas não resistiu e veio a falecer nesta sexta-feira (24).

Jaiminho, como era chamado por amigos, morou por anos no centro de Timon e era neto do falecido tabelião Jaime Costa. Ele era preparador físico e chegou a ocupar cargo na Secretaria Municipal de Esportes de Timon na gestão da ex-prefeita Socorro Waquim.

Ele também chegou a formar a equipe técnico do Timon Esporte Clube, o TEC.

Jaime Costa Neto tinha 49 anos de idade e o velório está previsto para acontecer na funerária São José, no centro de Timon.

6 cometários

Sílvia Rêgo
Comentou em 24/01/20

Meus sentimentos à família

José Mario
Comentou em 24/01/20

Que Deus conforte os familiares de Jaiminho e o receba em seu reino, meus sentimentos à família.

Miguel Júnior
Comentou em 24/01/20

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais.

Vai na paz meu amigo Jaime Neto, que Deus na sua infinita sabedoria te receba e conforte seus familiares, dando a ambos o entendimento necessário para esse momento de dor e libertação.

Miguel Júnior.

Eider Guimarães Bastos
Comentou em 25/01/20

Que a Glória de DEUS esteja sobre você Meu grande irmão Jaime (Rummenigge – Como você era chamado por todos aqui em São Luís dessa irmandade do voleibol)

Eider Guimarães Bastos

Silvana
Comentou em 26/01/20

Muito triste essa partida,passei parte da minha infância viajando para Timon e Jaime Neto brincava muito conosco,em São Luis se destacou no voley e muito me orgulhei de ser parente.Vá com Deus.Meus sentimentos a todos da família.
Silvana Carvalho e Familia

César William
Comentou em 26/01/20

GIGANTE HOMEM DE CORAÇÃO DE MENINO

Surpresa ruim. Fiquei triste, muito triste. Conheci o jovem Jaime na Praça São José, com um jeito descolado de encarar a vida e os fatos: meio bonachão, meio irônico, mas sempre com largo sorriso. Muitas vezes o sentia inquieto com algo, dividido entre as aventurais movidas pela idade e um desejo de alcançar degraus além, muito além do que a cidade e seu entregar-se por completo o proporcionavam. Vá com Deus, irmão. Obrigado, por instantes de descontração em momento de implantação da Uema em Timon. Esse desenho está em todos nós, só não sabemos a hora da pintura, do retoque final – arremate que ainda não é agora (penso). Minhas condolências aos familiares, com o registro de quem perdeu um amigo nesta terra, mas não deixou fenecer a lembrança de uma amizade sem máculas. Deus sabe o que faz. O tempo dEle não é o nosso. Conforto aos amigos e aos familiares é o que peço ao nosso Pai.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
Ateliê dos Doces