Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Não deixe de ler e ouvir: Poesia homenageia a saudosa Professora Mundoca

O professor e poeta César william resolveu homenagear com uma poesia um dos mais importantes vultos da educação timonense, a professora Raimunda de Carvalho Sousa, mais conhecida como “Professora Mundoca” (na foto acima), que faleceu em dezembro de 2015.

Personalidade das mais reconhecidas na educação timonense, professora Mundoca está em vários cantos da cultura timonense com seu legado, tendo escrito até um livro sobre a história de Timon.

Seu trabalho em geral foi tão importante que seu nome leva o nome de escola da rede pública municipal.

Foi essa contribuição fantástica da professora que inspirou o poeta César William a escrever a poesia que segue e que foi enviada para publicação exclusiva neste eliaslacerda.com

Confira a poesia abaixo ou ouça acima no áudio gravado pelo próprio poeta:

 

MUNDO & OCA

                                   César William

 

                                                         Em memória da Profª. Raimunda de Carvalho Sousa (Profª Mundoca).

                                           

Brava bandeirante

mágico mundo de Mundoca

pátria e sonho de estudante  

hino e brasão da toca.

 

Parnaíba nas linhas das mãos

carnaubeiras nas cartilhas

longa História nos refrões

como se dissolvesse uma bastilha.

 

Flores florescendo nas lições das tardes

esperança  nas manhãs dos lápis

questões  de  silêncio e de  alardes

confluências  nos reis dos naipes.

 

 Ensino gerando gerações

no pátio das lembranças

nos corredores das missões

do mundo adulto à infância.

 

Parnaíba nas linhas das rugas

traçando destino de médicos e de magistrais

desde menininha destituída de fugas

patriotismo indiferente aos vis metais.

 

Tiosã  te recebeu como libertadora

foste buscar  mais lucidez

para instruir mais a professora

doando-se à causa com intrepidez.

 

Livro sempre  aberto abençoando portas

 nas catedrais de uma didática que não finda

no infinito da luz em que te comportas.

 

E sob frondoso ipê

o  amarelo te batiza

palavras não ficam à mercê

porque também  és poetisa.

 

Mão zelosa arando a terra

semeando o futuro

com luz e sem  guerra

na batalha contra o escuro.

 

Há um carvalho erguido em teu nome, Raimunda

erigindo memória nos quatro cantos da cidade

porque tua luta foi grande e tua raiz é funda

e ninguém há de te esquecer, seja qual for a idade.

12 cometários

Soares sobrinho
Comentou em 03/10/21

PROFESSORA MUNDOCA.GRANDE DEFENSORA DA FAMILIA E DE UMA BOA EDUCAÇAO.
….GUERREIRA….CEZAR WILLIAN..NA EPOCA TODOS OS ALUNOS TINHAM RESPONSABILIDADE..OU TEMPO BOM MEU AMIGO

CÉSAR WILLIAM
Comentou em 03/10/21

IMPÉRIO DA DESCONSTRUÇÃO

Fato, caro Soares. Hoje, o que há muito é desconstrução. Alguns pais pensam até em espancar (e às vezes até espancam) professor(a) quando este(a) “pune” algum(a) estudante por excesso de indisciplina. Mas, o bolo não é de todo ruim. Lutemos, pois, em prol da parte boa que ainda há sobre a mesa dos banquetes mais refinados.

Helder Anes
Comentou em 03/10/21

Elias, a 1ª bandeira de Timon foi idealizada pela Tia Mundoca, o hino é de autoria de Ermelindo Sales e Chico Poeta

CÉSAR WILLIAM
Comentou em 03/10/21

FIGURAÇÕES

Boa informação, caro Helder, estou a par do seu informe. Usei as palavras escudo e bandeira em sentido figurado.

Raimundo
Comentou em 03/10/21

Bela homenagem à Professora Mundoca. Não tive o privilégio de conhecê-la, mas conheço pessoas que a conheceram.. Foi uma mulher de ação na construção da educação em Timon e uma defensora de nossa linda e querida cidade. Quando Timon tiver um museu, e espero que não demore, seria algo muito justo em minha opinião, levar o nome de Professora Mundoca. Nossa cidade já teve grandes professores que amavam a educação. Mulheres e Homens que deixaram sua marca na memória de muitos timonenses. Professora Mundoca é um desses nomes.

Emanoel silva
Comentou em 03/10/21

Estudei no Ginásio Bandeirante, tempo em que dona Mundoca era a diretora, aluno respeitava professores, ninguém entrava sem farda, ela era rígida hoje ninguém respeita ninguém, nós tínhamos medo e respeito por essa mestra tão querida, ah! Tempo bom que não volta mais.

ASSIS FILHO
Comentou em 03/10/21

Que coisa linda, amigo. Esse realmente foi um grande presente pra ela e pra todos que a amavam e a admiravam. Vovó completaria 95 agora no dia 14 de outubro.
Essa poesia nos trouxe várias lembranças e nos emocionou bastante. Muito obrigado, poeta César William. Parabéns pela riqueza de detalhes, parabéns pela sensibilidade.

Fátima Parentes
Comentou em 03/10/21

Tia Mundoca, nossa tia por respeito e depois por afinidade ao ser sogra de minha irmã Evanilda. Na nossa juventude, os domingos, após a Santa Missa na Igreja São José, eram completados com o banho no riacho da Vermelha, sob a supervisão de tia Mundoca, pois nossos pais só confiavam nela

Rodrigues
Comentou em 03/10/21

Fui aluno do antigo Bandeirante, qdo lá tive a oportunidade de ter à frente do mesmo A DIRETORA Mundoca, inesquecível tempo de escola com respeito,autoridade e patriotismo…. saudades. Meu nome é Antônio Pinho Rodrigues

CÉSAR WILLIAM
Comentou em 03/10/21

BANDEIRA DA GRATIDÃO

Grato a todos, pelo carinho ao meu poema e à minha iniciativa, sobretudo à memória da notória Profª Mundoca que de certa forma também foi minha professora, dado à maneira entusiasmada com que sempre me recebera em sua casa para falar sobre a outrora Flores, com patriotismo nunca visto igual. Servia-me sempre um cafezinho quente e ao lado de um Chevette cor de creme eu viajava no tempo por meio do seu discurso. Ela tinha uma memória brilhante.

Ps.: Assis, muito obrigado, por teres estabelecido comunicação comigo hoje. Foi um prêmio melhor que lotérico, com a diferença de que não preciso guardar em cofres de banco, pois ninguém jamais conseguirá roubar o que a alma salvaguarda.

Elias, meu irmão, jornalista ímpar, grato mais uma vez. Forte abraço.

A todos, saúde, sabedoria, paz e poesia.
Semana de bênçãos para todos nós.

João De deus
Comentou em 05/10/21

Lembro que dona Mundoca promoveu uma festa no extinto Alvorada Clube. É muitas jovens da sociedade timonense desfilaram e cada uma representava um país. Eu era muito novo mas lembro quando minha prima Vânia Assunção saiu de casa que era bem em frente ao clube , ela estava linda representando um desses países. Foi realmente uma grande festa de homenagens promovida e dirigida por esta senhora brilhante.

Janaína Viana
Comentou em 14/10/21

Que bela e merecida homenagem à prof Mundoca, a grande dama da educação timonense! Tive a oportunidade de conhecê-la há alguns anos e ela nos deu uma aula sobre amor à terra natal e à educação. E desde então a admiro muito!
Sou Janaína Viana, professora do Centro Educa Mais Anna Bernardes, onde os estudantes estão produzindo um documentário sobre a professora Mundoca. Para enriquecer o trabalho, precisamos do contato de ex-alunos do Bandeirantes e pessoas que trabalharam com a professora e queiram contribuir com seus relatos. Desde já, agradecemos a atenção!
Email: [email protected]

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael