Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Parnarama: Negativa de soltura de Jacobe Almeida deve preocupar advogado de defesa e família

Deve ser motivo de preocupação para o advogado de defesa e familiares do professor Jacobe Almeida a negativa do Tribunal de Justiça do Maranhão pela soltura dele. Um pedido de habeas corpus foi julgado ontem, segunda-feira, dia 11, pelo TJ.

De acordo com o que apurou o eliaslacerda.com, a negativa pela soltura do professor deve ser motivo de preocupação pelo fato do habeas corpus ter sido julgado pelo desembargador José Luiz Oliveira de Almeida. O magistrado é considerado um dos mais fundamentalistas juízes daquela corte maranhense, ou seja, o desembargador é dos mais atentos e rigorosos magistrados no quesito dos direitos daqueles que costumam recorrer ao tribunal.  Diante disso, a negativa do desembargador é vista na visão de muitos como um importante obstáculo para a tentativa de liberdade que tanto procura o professor Jacobe Almeida.

Vale lembrar que Jacobe Almeida está preso em Timon no presídio Jorge Vieira desde o dia 24 de novembro do ano passado sob a acusação de participar de uma organização criminosa que emitiu diplomas falsos de cursos superiores a alunos os lesando em alguns estados.

Na decisão, o desembargador justifica a manutenção da prisão, citando que mesmo intimado pela polícia acerca dos crimes cometidos, Jacobe Almeida continuava operando com a Organização Criminosa (O magistrado consignou, ademais, que a organização criminosa já vinha atuando por um longo período, e que o ora paciente, mesmo após intimado para ser ouvido perante a autoridade policial,  “continuou a operar esquema criminoso, retomando e dando continuidade à oferta irregular de cursos de graduação, desta vez, associado à outra faculdade, a saber, a Faculdade Evangélica do Piauí – FAEPI, em Teresina/PI).

Assim, Jacobe Almeida continua preso a disposição da justiça maranhense no Presidio Jorge Vieira em Timon-MA.

O processo agora segue o rito normal para ser julgado pela Segunda Câmara Criminal do TJ-MA.

O professor Jacobe Almeida foi um dos mais ácidos críticos da gestão do atual prefeito Raimundinho Silveira em Parnarama e por boa parte do ano passado foi um dos protagonista da política local com grande visibilidade na sucessão municipal daquela município. Chegou a ser pré-candidato a prefeito pelo PT, mas depois desistiu da candidatura para apoiar Remildo Fonseca, do PDT,  optando por ser candidato a vereador sem sucesso. A oposição de Parnarama acabou perdendo a eleição para Raimundinho Silveira que foi reeleito para o sexto mandato.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael