Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Perícia divulgada nesta sexta revela a causa do acidente onde morreu o médico na BR 343, em Teresina

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí (PRF-PI) concluiu a perícia do acidente na BR-343 entre um carro modelo Honda Civic e uma carreta carregada de cimento que vitimou o médico otorrinolaringologista Tovar Vicente da Luz, 36 anos, no dia 10 setembro. O resultado, divulgado nesta sexta-feira (27/09), aponta que o médico foi o responsável pela colisão frontal.

De acordo com o inspetor Alexsandro Lima, coordenador de Comunicação da PRF-PI, o veículo conduzido pelo médico invadiu a pista contrária, o que acabou ocasionando a colisão frontal.

“A troca de faixa do veículo de passeio, ou seja, do Honda Civic, para a faixa contrária motivou o acidente. No laudo só não podemos precisar o que teria motivado o condutor (médico) a fazer esse deslocamento de uma pista para outra”, disse o inspetor.

Ainda segundo a PRF, o que ficou constatado foi a velocidade incompatível que era desenvolvida pelo carro do médico no momento do acidente. “A velocidade do carro de passeio no momento do acidente também era incompatível com a da via”, afirmou Alessandro.

O próximo passo será encaminhar o laudo para o Poder Judiciário. A carreta era do estado da Paraíba. O motorista que permaneceu no local foi encaminhado para a Central de Flagrantes no dia do acidente para esclarecimentos. Ele foi autuado por ter ocorrido morte na ocorrência.”Com o resultado do laudo tudo indica que ele tem grandes chances de ser inocentado”, finalizou o inspetor.

Do site oitomeia.com

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael