Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Processo seletivo de professores em Timon tem orientação do Ministério Público

A Prefeitura de Timon está seguindo as orientações do Ministério Público firmadas no Termo de Ajuste de Conduta em relação ao Processo Seletivo Simplificado para a contração de professores temporários que irão atuar na rede municipal de ensino. O resultado preliminar do certame foi divulgado na última terça-feira, 14 de fevereiro.

Nesta quarta-feira (16.02), a secretária de educação, Dinair Veloso, juntamente com o secretário de relações institucionais, Saney Sampaio, e o presidente da comissão organizadora do Seletivo, Victor Serra, reuniu-se com o promotor Sérgio Ricardo e se colocou à disposição do MP para qualquer esclarecimento sobre os procedimentos que estão sendo realizados durante o Processo.

De acordo com Dinair, a Prefeitura está cumprindo com as orientações do MP em relação ao chamamento dos classificados no concurso e ao Processo Seletivo. “O município assinou um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público, em que foi acordado que até o dia 15 de janeiro chamaríamos os classificados do concurso e, depois disso, realizaríamos o Processo Seletivo. Tudo foi feito de forma organizada e em comum acordo com o MP. Fomos conversar com o promotor e levar ao conhecimento do Ministério Público sobre o resultado preliminar e explicar como ocorrerão as próximas etapas do Seletivo, como prazo para recurso, análise dos processos de recurso e divulgação do resultado oficial. Assim, garantimos a lisura e transparência do Processo Seletivo”, comentou Dinair Veloso.

Já na manhã de hoje (16.02), Saney Sampaio e Victor Serra foram ao encontro do promotor Giovanni Papini, ainda com o mesmo objetivo: colocar-se à disposição, bem como levar informações sobre os procedimentos e etapas. Desta forma, a Prefeitura garante a seriedade e rigorosidade do Processo Seletivo Simplificado da Educação.

O secretário Saney Sampaio enfatizou que, determinado pelo prefeito Luciano Leitoa, o Processo Seletivo era necessário para melhorar ainda mais a qualidade da educação na rede municipal, com vistas ao IDEB. “Nesse momento, o Seletivo era imprescindível, pois a Prefeitura investiu em ótimas estruturas físicas, valorização do profissional da Educação e não deixa de investir na qualidade do ensino. Com o Seletivo, teremos ainda mais profissionais qualificados na Educação, além do quadro de efetivos, que já são professores de alto nível. Consequentemente, nosso ensino irá avançar de forma real e alcançaremos resultados ainda melhores no IDEB”.

(Da assessoria)

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael