Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Sindicato dos Guardas Municipais apoia exigência de curso superior em concurso para ingresso na corporação

O Sindicato da Guarda Municipal de Timon apoia a exigência de curso superior para o ingresso na instituição. A exigência está sendo uma determinação da prefeitura de Timon que prepara um novo concurso público para a corporação a ser realizado ainda neste ano.

Através de nota enviada ao eliaslacerda.com, o sindicato explica as razões que levam a entidade a apoiar a exigência do curso superior para o ingresso de novos guardas. Leia abaixo:

Caro Elias Lacerda,

O Sindicato dos Guardas Civis Municipais de Timon (SINDGCIT) vem, por meio deste, fazer algumas considerações a respeito do Concurso que está previsto para provimento do cargo de Guarda Civil Municipal.

Em primeiro lugar gostaríamos de destacar a importância dos requisitos para o ingresso na corporação, mais especificamente o de possuir Ensino Superior. Registre-se que essa era uma antiga demanda da categoria junto ao poder público municipal, a qual foi efetivada com a aprovação do Estatuto da Guarda Civil Municipal no ano de 2016, através de uma ampla discussão entre a Categoria, a Prefeitura e a Câmara Municipal.

Conforme pode ser verificado por todos, nos últimos anos, com a universalização do Ensino Superior, as instituições de segurança pública (salvo algumas exceções) passaram a adotar esse requisito para o acesso aos seus quadros. Tal exigência não ocorreu por mera vaidade, mas sim pela necessidade de melhor qualificação de seus servidores, uma vez que estes lidam constantemente com o direito de ir e vir do cidadão, além de fazerem o uso de instrumentos letais.

A Guarda Civil Municipal, pela sua missão constitucional, necessita de candidatos ao ingresso na instituição que possuam atributos diferenciados dos demais agentes públicos, tais como higidez física, apurados em testes físicos e de saúde, bem como ter capacidade psicológica aferida em exames específicos, dentre outros. Com a evolução da própria sociedade há também que haver preocupação no avanço intelectual do pretendente ao ingresso na Guarda Civil Municipal, preparando assim a instituição, cada vez mais, para prestar melhor serviço ao cidadão.

Outro fator que talvez ainda não seja de conhecimento de todos, é o fato de que em 2014 o congresso nacional aprovou a lei federal n° 13.022, a qual ampliou o rol de atribuições das Guardas em todo o Brasil, de forma que estas corporações passaram a ser responsáveis também pela colaboração na segurança pública, inclusive tendo o dever de coibir ilícitos penais, o que por si só demanda uma maior qualificação do servidor. Neste sentido, há necessidade de que o futuro Guarda Civil Municipal tenha frequentado o mundo acadêmico.

Vale ressaltar que, mesmo as instituições de segurança publica que ainda não adotaram como requisito de ingresso o nível superior, já se tem notícia de que estas têm em pauta projetos nesse sentido, tudo com o objetivo de melhor atender o cidadão.

Para finalizar gostaríamos de dizer, sobretudo no momento em que vivemos, no qual a população vive a questionar a baixa qualificação nas gestões públicas, que é de extrema importância e urgência que sejam implementados mecanismos capazes de melhorar a filtragem na contratação daqueles que irão servir ao povo.

 

Direção do Sindicato da Guarda Municipal de Timon

 

9 cometários

Tiuba
Comentou em 29/08/18

Com o salário de atualmente o cara formado o merece? Mais valorização e nivelamento com os que já estão. Direitos iguais!

L. Carlos
Comentou em 29/08/18

Acho muito incorreto esse concurso pra guarda municipal exigir curso superior. Isso é inedito. Nem a PM do Maranhão, nem a do Piauí exige. Essa exigência deve ser repensada. Nada a ver.

Tiuba
Comentou em 29/08/18

Aí será uma polícia municipal federal, L. Carlos. Creio que não passará. Se fosse comandos superiores, aí sim, mas agente não concordo. Mas…

Cecilia
Comentou em 30/08/18

Se nem a Policia Militar exige porque A GUARDA MUNICIPAL vai exigir.

Neto Avelino
Comentou em 30/08/18

Nada a ver, esses que estão aí na Guarda Municipal quantos deles tem curso superior?

Ronaldo
Comentou em 30/08/18

Verdade . Vejo gente com superior que não tem nem o mínimo ético. E quem faz a prssoa preparada e o critérios do edital e seu requisitos.

Tennyson Júnior
Comentou em 30/08/18

Parabéns ao sindicato da Guarda de Timon, essa com certeza é uma exigência válida e louvável, a busca pela qualificação e pelo conhecimento deve ser algo permanente e mexer com o direito das pessoas é algo que requer preparo, cautela e sobretudo conhecimento, para que o cidadão não seja violado pelo poder público, mas não creio que os comentários anteriores entendam essa ótica.

Ronaldo
Comentou em 30/08/18

E válido para aumentar o salário da categoria e tirar a oportunidade dos mais 16 mil jovens timonense que so tem o médio. Que estratégia para manipular seu prefeito .

Rubens Domingues
Comentou em 04/02/19

A guarda municipal está de parabéns, pois é uma das únicas que possuem seu estatuto. Ressalto que a PM tanto do Piauí quanto do Maranhão são uma das poucas que ainda exigem somente o ensino médio.


Notice: Undefined variable: aria_req in /usr/local/lsws/wordpress/wp-content/themes/eliaslacerda/comments.php on line 35

Notice: Undefined variable: aria_req in /usr/local/lsws/wordpress/wp-content/themes/eliaslacerda/comments.php on line 40

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael