Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Sobrinho do marido da prefeita Dinair foi morto no bairro Cidade Nova, em Timon

A morte do jovem Samuel Lucas da Silva, de 22 anos, ocorrida na noite de ontem, segunda-feira (3), ainda comove a família de Antônio Ferreira, o marido da prefeita Dinair Veloso. Antônio Ferreira é tio da vítima

Segundo informações colhidas pelo eliaslacerda.com ligadas a polícia, Samuel foi assassinado com vários tiros quando deixava a namorada na casa dela naquele bairro, perto do Fio da Coheb.

De acordo com informações, três elementos teriam sido os responsáveis pelo crime e teriam confundido o jovem com um faccionado.

Há relatos de que na hora do crime os acusados teriam perguntado se ele seria membro de alguma facção criminosa e o mesmo negado. A namorada dele ainda entrou na frente dizendo que eles estariam confundido o jovem com outra pessoa, pois Samuel não seria faccionado e mesmo assim os três elementos teriam disparado tiros contra a vítima.

O caso comoveu parentes e vizinhos que são unânimes em afirmar que Samuel Lucas da Silva era um jovem do bem e tinha muitos bons laços de amizade na cidade. Não há nenhum registro de ocorrência envolvendo o jovem na polícia.

Antônio Ferreira, o Toim, marido da prefeita Dinair, usou a rede social para homenagear o sobrinho e lamentar a perda prematura de Samuel.

Veja abaixo a homenagem com a foto do jovem assassinado:

 

6 cometários

Antonio Carlos Menezes
Comentou em 04/05/21

Muito triste uma situação dessa, que Deus conforte a família

Gilberto
Comentou em 04/05/21

Está ficando insustentável essas rixas de facções, estão matando pessoas inocentes e de bem, cadê o direito de ir e vir de nós cidadãos. Meus pêsames a família, que Deus console a todos.

Bruno Rocha
Comentou em 04/05/21

Já está mais que na hora as forças de segurança pública dar um basta. Timon está ficando cada dia mais perigosa, o direito de sentar na porta de casa já foi cassado a alguns anos e agora querem tirar o direito de ir e vir. Está na hora da polícia fazer operações, chamem a força nacional, chamem as forças de segurança de São Luís, invadam essas favelas, esses bairros, se possível casas, sei que o poder judiciário é capaz de intervir a favor da população deferindo mandados de busca e apreensão.

Jean Bezerra.
Comentou em 05/05/21

A meu vê Bruno Rocha, já passou da hora.
Inclusive já repassei a alguns meses, modelo de como se trabalhar junto para combater essas organizações criminosas, mas a sugestão que enviei para a secretaria da Prefeita infelizmente não fez chegar a mesma, acredito eu.
Uma das soluções está aqui mesmo no município, são as forças de segurança aqui mesmo da nossa cidade, temos a Policia Militar, Civil, GCM, DMTRANS, Sec de Segurança.
Vamos reunir esses órgãos, a policia civil já sabe as áreas de atuação dessas facções, bem como a PM, vamos atacar por completo, abordagens, apreensões de veículos, que ao realizar a abordagem esses agentes de segurança já saberão se é de bandido ou não, pois a experiência da PM/CIVIL saberá distinguir o bandido do cidadão, vamos atuar de forma integrada e conjunta, dizer que a segurança publica funciona sim, na cidade de Timon.
Lamento pelo morte jovem, mas, infelizmente, da forma que ai está posta, muito mais pessoas inocentes ainda irão perder a vida.

Tiuba
Comentou em 05/05/21

Cara, está na hora de implantar pena de morte nessa bagaça. Não dá mais!

JAYLSON FERREIRA
Comentou em 05/05/21

Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, temos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna nos céus, não construída por mãos humanas. (2 Coríntios 5:1)

Que nesse momento de dor que o nosso Senhor Deus conforte a Familia

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael