Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Subseção da OAB de Timon protocola pedido de vacinas para advogados

A Subseção da OAB de Timon protocolou pedido de vacinas contra a Covid-19 para os advogados inscritos na ordem.

A instituição usou uma série de argumentos para justificar o pedido e a necessidade de que os advogados tenham acesso aos imunizantes contra o coronavírus.

Veja abaixo o texto enviado pela direção da Subseção as secretarias de saúde de Timon, Parnarama e Matões justificando o pedido:

A advocacia, aos olhos da Constituição Federal de 1988, assemelha-se ao trabalho público! 
Portanto, o exercício da advocacia, seja pública ou privada, reveste-se de múnus público. 
Por força da Emenda Constitucional nº 80, de 2014, que deu a seguinte redação ao Art. 133 da CF/88, “O advogado é indispensável à administração da justiça, sendo inviolável por seus atos e manifestações no exercício da profissão, nos limites da lei.”
E, justamente por ser “indispensável para a administração da justiça”, cotidianamente os advogados, como forma de operacionalizar seu trabalho, tem que transitar por repartições públicas, cartórios, agências bancárias, Delegacias de Polícia, além de recepcionar clientes em seus escritórios, ou até mesmo ir ao encontro destes em suas casas ou ambiente de trabalho.
Por força de tal itinerário, cotidianamente os advogados se expõem ao Coronavírus, o que vem causando um grande contágio em nossa classe, com a consequente perda de valorosos profissionais da área. 
Preocupada com tal situação de exposição da classe, aliado à grande incidência de contágio de colegas profissionais da advocacia, a Subseção de Timon da OAB/MA, por meio de sua diretoria, em documento subscrito por sua presidente, Dra. Fernanda Castro e por seu vice-presidente, Dr. Rafael Milhomem, tomou a iniciativa de oficiar tanto o Ilustríssimo Secretário Municipal de Saúde de Timon, como a Excelentíssima senhora Prefeita deste município, requerendo a prioridade na vacinação contra a COVID-19 dos advogados legalmente inscritos na Subseção de Timon.
Os ofícios foram entregues na segunda-feira dia 06/06/2021.
Aguardamos a resposta na certeza de que teremos nosso pleito atendido.
Tal requerimento também está sendo protocolado nas Cidades de Parnarama e Matoes, vinculadas à Subseção de Timon.

4 cometários

Fudencio
Comentou em 10/06/21

Prioridade para advogados? Uma profissão que possui todos os meios para o trabalho remoto e sem aglomerar, não há nenhuma necessidade de serem colocados como prioridades! É só aguardar a idade e cada um vai se vacinando , seja advogado de porta de cadeia, ambulante, flanelinha…. Prioridade são aqueles trabalhadores que não possuem meios de trabalhar remotamente, como os comerciarios, trabalhadores de farmácia, postos de combustíveis, supermercados, que não puderam parar um dia sequer. A gente vê cada uma! Ah inferno pra ter cão!

Auracélia
Comentou em 10/06/21

Eu concordo que os trabalhadores de supermercados, farmácias tenham prioridades urgentes.

Yago Johnson
Comentou em 10/06/21

Falta de altruísmo. Uma vergonha. Existe outras categorias prioritárias e necessárias. Advocacia pode esperar.

Carlos
Comentou em 14/06/21

Não se justifica esse pedido

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
Ateliê dos Doces