Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Timon urgente! Internações de paciente com Covid-19 cresce e momento é de atenção

O momento é de muita atenção em Timon para o crescimento dos casos de atendimentos e internações para pacientes com o novo coronavírus no município. A situação já está chamando a atenção das autoridades de saúde e a torcida é para que os números não sigam crescendo.

Em conversa com o jornalista Elias Lacerda, o diretor do técnico do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, Dr. Candilberto Filho, afirmou ter havido um crescimento no número de internações na unidade de saúde que é dedicada ao tratamento de pacientes com a Covid-19 em estado mais avançado da doença.

Ele revelou que houve um aumento nas internações no hospital regional de até 50% no número de pessoas internadas após o final do ano passado. Dos 12 leitos de UTIs existentes no Alarico Pacheco destinados a pacientes com o novo coronavírus, 8 já estão ocupados.

O crescimento nas internações também vem acontecendo nos últimos dias no Hospital Municipal da Prefeitura de Timon que fica no bairro Parque Alvorada, o HPA. Destinado a pacientes em estado mais leve da Covide-19, até o final do dia de ontem, sexta-feira (15), dos 25 leitos disponíveis na unidade de saúde, 22 estavam ocupados, sendo que 18 estavam usando oxigênio e 4 na estabilização com respiradores, de acordo com o que apurou o eliaslacerda.com

Apesar da situação ser de muita atenção e preocupação por conta do drama vivido e retratado todos os dias na televisão com Manaus mostrando que muitos pacientes lotaram a rede de saúde e morrem por falta de suporte médico e equipamentos que não dão conta da grande quantidade de casos, o diretor técnico do Hospital Alarico Nunes Pacheco, Dr. Candilberto Filho (na foto acima) joga esperanças sobre a situação atual. “Nós já esperávamos este aumento em Timon por conta das festas de final de ano, assim como houve um aumento nos casos após as eleições. A nossa torcida é para que não continue aumentando os casos. Mas vale ressaltar que isso tem ocorrido em todo o Maranhão. Vamos continuar atentos para ver como vai se comportam esses números até o final do mês, quando esperamos que haja uma diminuição nos casos. Enquanto isso é importante salientar que as pessoas devem continuar fazendo a parte delas,  colaborando com o uso de máscara, álcool em gel, evitando aglomerações, evitando viagens e visitas, porque o momento é realmente de muita atenção”, disse ele ao jornalista Elias Lacerda.

3 cometários

Eliton Rodrigues Alves
Comentou em 16/01/21

Povo tem que se conscientizar que o momento é atenção mais não é bem isso que esta acontecendo e Timon não fica atrás muitas festa ai nos salões de festa aos finais de semana ai a conta chega. vamos nos conscientizar.

Sátiro Pessoa
Comentou em 16/01/21

Os bares de Timon estão lotados. Sem distanciamento e sem máscara…inclusive do lado do quartel da Pm de Timon tem aglomeração de gente…será se o comandante não tá vendo isso?

Retieli
Comentou em 17/01/21

Além dos bares que não estão obedecendo as normas sanitárias, também não obedecem as normas sanitárias estabelecimentos que vendem alimentos no peso como restaurantes self-service e vendas de açaí. Todos em Timon permitem o compatilhamento de colheres para servir sem exigir que o cliente higienize as mãos. Deixam o álcool disponível, mas higieniza as mãos quem quer. Uma verdadeira fonte de proliferação do vírus. E a pessoa que reclama ainda é considerada intolerante!

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael