Ultrapassagem indevida pode ter provocado acidente que matou médico na BR 343, em Teresina

Por volta das 7h desta terça-feira (30), os bombeiros conseguiram retirar o corpo do médico Tovar Luz, 36 anos (na foto ao lado), das ferragens. O médico otorrinolaringologista foi vítima de um acidente de trânsito na BR-343, em Teresina. Ele dirigia um veículo Honda Civic, de placa PIY-7227, quando colidiu frontalmente contra uma carreta em frente ao Condomínio Fazenda Real. Com o impacto, o carro do médico ficou totalmente destruído e ele morreu no local do acidente (veja matéria anterior clicando aqui).

O acidente ocorreu por volta das 6h30  de hoje. Com o impacto, o caminhão foi parar fora da pista e o motor do carro do médico foi sacado a 100 metros de distância. Tovar Luz ficou preso às ferragens e o Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar a remoção do corpo. O jaleco do médico foi encontrado na rodovia.

Local do acidente/Foto: PRF

O caminhoneiro não ficou ferido e disse aos policiais que não conseguiu desviar do carro do médico, que invadiu a sua pista batendo de frente com a carreta que se dirigia no sentido Altos Teresina e o carro do médico no sentido contrário.  A Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi acionada e investiga as causas do acidente. A PRF acha ainda prematura fazer qualquer avaliação, mas segue investigando para descobrir como tudo de fato aconteceu.

De acordo com informações de familiares, o médico havia acabado de sair de casa para realizar uma cirurgia quando ocorreu o acidente. O médico era casado com a servidora do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), Gabriela Matos e genro do advogado e ex-secretário de Justiça Tadeu Matos.

A esposa recebeu a notícia da morte e entrou em estado de choque. A família e amigos estão bastantes abalados com a morte de Tovar Luz. A PRF investiga se a vítima fez uma uma ultrapassagem irregular, causando a colisão.

O sepultamento do médico está previsto para o final da tarde desta terça(10).

Com parte das informações do Piauí Hoje

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte
WhatsApp chat