Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Vereador chama prefeito de Timon Luciano Leitoa de desocupado e pede a reabertura imediata do comércio

O vereador do PP, Ramon Júnior, tem usado as redes sociais para defender a reabertura imediata do comércio e a volta a vida normal das pessoas em plena crise sanitária provocada pelo coronavírus. Ele é contra o isolamento social e a favor do isolamento vertical, este último que consiste no isolamento somente dos idosos, hipertensos, obesos, diabéticos.

Para o vereador, a economia neste momento está aos frangalhos e vai piorar com grande número de desemprego que as medidas tomadas vão causar.

Pelo que se tem entendido nas colocações do vereador na sua página no Facebook, estivesse ele no lugar do prefeito Luciano Leitoa, já teria autorizado a reabertura do comércio e a volta normal da vida na cidade. Ele chamou, inclusive, Luciano Leitoa de desocupado.

As colocações do vereador tem recebido alguns apoios e uma enxurrada de críticas. Para a maioria, a posição do vereador Ramon Júnior vai na contramão do mundo que tenta com o isolamento social conter o avanço do coronavírus.

Muitos vem o vereador colocando o interesse econômico acima dos interesses da saúde da população.

Timon já tem quatro casos confirmados de Covid 19, de acordo com dados oficiais divulgados até agora, mas todos sabem que os casos podem está muito acima disso, afinal os exames no Brasil são demorados demais para sair, levando até 10 ou mais dias. O que preocupa mais ainda as autoridades de saúde de Timon é o fato da cidade está inserida na Grande Teresina, conglomerado de cidades que tem cerca de um milhão de habitantes e pela nossa proximidade com a capital piauiense compartilhamos direto com nossos vizinhos os problemas da pandemia de coronavírus.

Nesta segunda-feira (13) o prefeito de Teresina , Firmino Filho e o governador do Piauí, Wellington Dias fizeram uma live onde os dois disseram está unidos na defesa do isolamento social como única medida para conter o vírus. Depois de falarem sobre os perigos da doença, os dois fizeram a oração do Pai Nosso e reafirmaram o pedido para ninguém sair de casa.

Na Europa alguns países começaram a liberar setores para a volta do trabalho, mas somente as nações onde a doença já atingiu seu pico máximo.

A Organização Mundial da Saúde anunciou nesta segunda que deverá elaborar os critérios técnicos de quando deverá ser flexibilizado a medida de isolamento social.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, informou também nesta segunda que a capital paulista poderá ficar no isolamento social até o começo de junho.

E você, caro leitor, fica com quem nessa briga envolvendo os que defendem as precauções contra a doença e os que defendem a imediata volta a vida normal ?

1 comentário

ADM
Comentou em 14/04/20

por que será que ele quer a retomada, o salário dele tá garantido, pode muito bem ir com a maioria e defender o isolamento pra ficar de boa com o eleitorado, mesmo assim defende a retomada, no mínimo estranho, dá um salve quem acha que tem a ver com o fato de parte da família dele ser de empresários.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael