Vereador diz que Comissão criada na Câmara de Timon objetiva fazer barulho e criar factóides políticos em ano de eleição

O vereador José Carlos Assunção, líder do governo na Câmara Municipal de Timon, informou nessa quarta-feira (20) que a assessoria jurídica do legislativo municipal anulou a reunião que criou a Comissão Especial da casa criada para fiscalizar os recursos aplicados no combate ao novo coronavírus.

De acordo com o vereador , a anulação se deu pelo fato da Comissão ter sido criada sem os preceitos legais do legislativo e sem ser publicada no Diário Oficial do Município.

Tendo como presidente o vereador Anderson Pêgo e ainda integrantes os vereadores Ramon Júnior, Juarez Morais,  José Carlos Assunção e ainda Jair Mayner, a comissão já nasce com muita polêmica.

Para José Carlos Assunção ela nem deveria ser criada, pois já existe a Comissão de Saúde da casa que pode fazer muito bem o papel de fiscalizar recursos. “No meu ponto de vista essa comissão está sendo criada só para criar factóides políticos, fazer denuncismo em ano de eleição, por isso fiz questão de integrar para acompanhar possíveis e injustiças e abusos que ela pode vim a cometer”, destacou o vereador.

José Carlos destaca que a presidência da comissão tem chamado os membros para reunião presencial, desobedecendo a quarentana, já que essa reuniões poderiam ser remota. “Amanhã , quinta-feira (21), tem uma e eu não vou participar. Não tem como participar de reunião presencial em situação de pandemia e quando os governos recomendam todo mundo ficar em casa”, disse o vereador.

Outro problema destacado pelo vereador é o fato da comissão defender a visita a postos de saúde e hospitais para ver como está o funcionamento da saúde municipal. ” Isso poderia ser feito com pedidos de relatórios e documentos em geral da saúde, mas visitar postos de saúde e hospitais agora será uma irresponsabilidade nossa, afinal nesse momento poderemos até mesmo está contaminando alguém já que muitos dos que contraem são assintomáticos.Por isso só tenho uma conclusão: Essa comissão não tem outro sentido que não seja fazer barulho e criar factóide político”, finalizou o vereador.

2 cometários

Joserisvaldo
Comentou em 21/05/20

Não tão somente o VEREADOR ze carlos deve acompanhar essa comissão da fabrica de fuxico mas, todos os outros que também fazem parte da base do governo. Esse negócio de vereador viver com zipe na boca dando um de santo não cola pois, pelos cantos da cidade e lingua contra o governo dobra ruas e avenidas.

eduardo marinho
Comentou em 21/05/20

devemos ver o real gastos dos valores repassados do governo federal de forma legal e transparente e acima de tudo os vereadores são e devem ser os fiscalizadores do dinheiro público e não melicianos da administração pública.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte