Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

A derrota de Luciano Leitoa foi trairagem ou erro de estratégia política ?

Sempre que terminam eleições vem as explicações e justificativas para a derrota. Na ocorrida no último dia 2 com o candidato a deputado estadual  Luciano Leitoa tem sido recorrente apontar, especialmente na rede social (WhatsApp),  que ele foi vítima de infiéis, lideranças que mesmo sendo beneficiadas na administração municipal não teriam trabalhado pedindo votos para o ex-prefeito.

Nada disso. A trairagem é inerente a atividade política, um fenômeno que atinge todos que fazem política e quando se está no poder isso não tem antídoto eficiente que possa evitá-la. Mesmo se não tivesse havido lideranças infiéis é fato que ainda assim Luciano Leitoa não teria votos suficientes para se eleger no PDT.

O que de fato aconteceu foi uma negligência do grupo Leitoa com relação a candidatura de deputado estadual. O primeiro erro foi lançar o ex-prefeito Chico Leitoa, um ícone da política local que apesar desse título, todos sabiam que ele tinha problemas na justiça que poderiam lhe trazer barreiras e insegurança jurídica para seguir em frente. Foi o que realmente aconteceu. E ainda que não tivesse, apareceria, pois isso tem sido um problema para muitos ex-gestores.

Com os problemas do pai, Luciano Leitoa entrou anunciado em substituição da candidatura de Chico Leitoa já com três dias de campanha, tempo exíguo para se articular fora de Timon, uma necessidade que ficou patente após o pleito por se perceber que o candidato do PDT teve maioria de votos em Timon mas não obteve a votação fora necessária para garantir sua eleição.

Portanto, o erro do grupo Leitoa foi não ter planejado uma candidatura de deputado estadual muito antes, lá atrás,  no momento que rompeu com o deputado Rafael. Era preciso ter planejado, escolhido um nome do grupo com antecedência e que tivesse feito uma articulação fora de Timon como garantia de completar a votação para ganhar a eleição.

Tinha que ter pensado que o grupo precisaria de um mandato de deputado estadual, pois trabalharia assim com a possibilidade de que se perdesse a eleição para governador, como realmente aconteceu, e caso venha a perder a eleição de prefeito em 2024, tinha um representante dos Leitoas na Assembleia Estadual para segurar o grupo.

Em verdade, o grupo Leitoa apostou todas as suas fichas em Weverton Rocha governador e não deu certo. Foi absorvidos por esta ideia e esqueceu o plano B de ter um deputado estadual.

O grupo agora aposta suas fichas na prefeita Dinair Veloso para se segurar no poder no município. Com uma gestão responsável até o momento, equilibrada e sem escândalos, a gestora é a grande esperança do grupo, mesmo que tenha saído desta eleição ainda contando com o apoio de Weverton Rocha no senado e do deputado federal Juscelino Filho na Câmara federal.

O grupo Leitoa não está morto. Longe disso, está vivíssimo, afinal ainda administra a mais importante estrutura de poder na cidade que é a prefeitura. Mas é fato também que já esteve em situação muito melhor até pouco tempo atrás, antes de cometer a negligência abordada neste texto nas eleições deste ano.

Agora é aguardar as consequências da eleição deste ano com o fortalecimento de nomes da oposição na cidade e ver como o grupo Leitoa vai lidar com essa nova realidade.

Aguardemos marcha dos fatos….

 

20 cometários

Elisangela
Comentou em 11/10/22

Na verdade já estavam mesmo era contando com a vitória. Um erro gravíssimo. Estavam achando que iriam vencer fácil. Meu amigo tem que ser humilde pedir voto fazer proposta e cumprir. O povo não besta . O que aconteceu mesmo foi democracia. E é assim que tem que ser. Votar livre em quem o eleitor quiser. Assim o candidato ver que tem que dialogar ser humilde mostrar projetos para o futuro. Para conquistar o eleitor. Mas se concentraram só a panelinha do poder achando que já estavam com vitória nas mãos , o que se enganaram bastante. É como diz o ditado popular. Nunca conte com o ovo no fiofo da galinha.

FRANCE GOMES
Comentou em 11/10/22

Comentário baseado naquilo que vem desde os primórdios: INVEJA

marcio
Comentou em 11/10/22

tudo nessa vida tem seu tempo o deles já passou agora e outras gerações de inovação pra o bem de timon chegar

Joserisvaldo
Comentou em 11/10/22

Desde 2020 que não se ver na cidade o prefeito. O nome do líder supremo sempre evacuou nas vozes dos mais apaixonados pelo seu grupo porém, o nome não era de Luciano. O nome era de Chico Leitoa a raiz antiga que sobe e desce vai e vem entra ate em cemiterio pra cumprimentar pessoas, vai na macumba, vai no culto, vai na igreja católica e etc…e tal… O ex prefeito deve e agradecer os poucos mais de 22 mil votos sendo 19 mil só em Timon. Pessoas estigadas, cansadas de andar de ponta a ponta na cidade pedindo voto pra senhor. Lembre -se que você já entrou no segundo turno pq quem fez pre-campanha nao foi o sr. No Instagram o senhor agradece e aqui o sr.tira is méritos de quem foi fiel, e muito contraditório.

Maria
Comentou em 11/10/22

Tudo passa e o tempo dos leitoas já acabou, a paixão que o povo tinha por eles também passou,quem foi pra rua pedir voto foi obrigado.Precisamos de novas lideranças .

Florence
Comentou em 11/10/22

O povo se cansou dos leitoa. O povo não quer mais. Está claro e evidente. Assim vai ser pra as eleições pra prefeito. Em outras palavras já deu o que tinha que dá. Agora, surgirá uma nova liderança , viva a democracia!!!

Eleitor observando
Comentou em 11/10/22

Traição e ingrato! Esse é o verdadeiro ingrato com muita gente e com o ex governador Flávio Dino! Só aparece na época de campanha. Já era. Rum nem o pai dele não ganhava.

Arthur
Comentou em 11/10/22

Matéria muito clara. So não concordo com a parte que vc disse que o grupo leitoa não está morto. Morto está só basta fechar o caixão. Isso vai acontecer quando nossa prefeita dinair jogar os pe neles. Isso tem qie acontecer já se não vamos perder a prefeitura até para o jubileu.

Helena
Comentou em 11/10/22

E agora contra o Governo do Estado do Maranhão. Kkkkkkkk. Vão apoiar o Ewerton para Governador do Maranhão. Kkkkkkkk. Rafael vai ser o futuro Prefeito de Timon.

Timonense Leigo
Comentou em 11/10/22

A política não pode e nem deve estar acima das pessoas e dos interesses da cidade, o processo eleitoral a nível estadual passou, agora é necessário pensar no município onde vivemos.

Em meio a grave crise política, economica e sanitária, Timon se desenvolveu, prova disso são as empresas que chegaram, o teresinense que vieram morar aqui, o salto de qualidade na educação e as obras de mobilidade urbana como por exemplo a avenida Piauí.

É necessário pensar no que é bom para cidade, nossa vizinha capital Teresina, tem pago o preço do “mudar pelo mudar”. Acredito na democracia, mas é preciso analisar e não somente entregar a cidade por cinquenta reais, um peixe ou uma cesta básica.

FRANCE GOMES
Comentou em 12/10/22

Belíssimo comentário. É público e notório a força do GRUPO LEITOA, assim como é gritante a oposição querer gerar desavenças e uma possível ruptura entre a gestora e o citado GRUPO. O que talvez saibam mas se deixam enganar, é que AMIZADE, GRATIDÃO e ADMIRAÇÃO, não se mede. Não se compra.

Gomes
Comentou em 11/10/22

E bom o grupinho leitoa e se preparando que tá entrando gente nova e pra prefeito um cara que quer admistra timon fazer timon uma cidade melhor vamos mudar vamos tirar esses leitoas do poder e o candidato a prefeito se chama Kaká

Gustavo
Comentou em 11/10/22

O erro do grupo leitoa não está em timon, aqui foi vitorioso e todos foram em campo pedir votos, o problema foi romper com Flavio Dino e seu repertorio vencedor.

Jose Felipe
Comentou em 11/10/22

Kaká. Esse daí não vê nem o apito da lancha. Cada uma Kaká. Quem diabo é Kaká.kkkk

Gildson stanlley
Comentou em 12/10/22

Timon merece ter um prefeito, que veio da roça criado com o pouco que tem humildade e pé no chão e que tenha amor pela sua cidade. Kaka do frigosa é um dos poucos que não tem papa na língua

Cidadã do Infinito
Comentou em 12/10/22

Não podemos ignorar o fato de que, mesmo não tendo logrado êxito na eleição, o Luciano foi o candidato a deputado estadual mais bem votado no município. O problema foi esse, não ter intensificado a Campanha TB nos arredores.

Zé Lula 13
Comentou em 12/10/22

Abandonou os aliados da periferia e foi traído pelos novos aliados do centro ! A Lei do Retorno simples assim ! A periferia cansou da arrogância e do desprezo !

ricardo
Comentou em 12/10/22

sempre falei isso aqui ! só em timon não dava pra eleger ! tinha q buscar voto la fora! teimosos!

Washington De Sousa Oliveira
Comentou em 12/10/22

Só voto de cabestro não foi suficiente, kaka do frigosá vem aí

José de arimateia
Comentou em 12/10/22

Luís Carlos Sá ou Kaká do frigosá como é popularmente conhecido, o único vereador que tem a coragem de falar a verdade na cara e não se vende, merece ter uma oportunidade

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael