Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Concurso de professor da prefeitura de Timon foi prorrogado

professora“Sou fruto de concurso ofertado no início da gestão para os professores, hoje sou diretora titular”. A história é de Simone de Sousa Silva, diretora da Escola ABC da Criança, localizada no bairro Vila do BEC. Simone compõe o quadro de 887 professores efetivos da Educação no município, que são valorizados como profissionais.

Falar em valorização pressupõe aprimorar a formação inicial, oferecendo formações continuadas, definir um piso salarial para a categoria, bem como a carreira do professor. A Prefeitura de Timon, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED,) tem investido na valorização dos profissionais da educação, porque entende que esta medida é um dos fatores fundamentais para a qualidade da educação socialmente referenciada.

A carreira do magistério público exige que o ingresso se dê através de concurso. Partindo dessa premissa, foi realizado concurso público em 2014 para o provimento de 160 vagas para professor do município, sendo 100 vagas para professor de educação infantil e ensino fundamental I, no regime de 40h semanais, e 60 vagas para professor de área do ensino fundamental II com regime de 20h semanais.  Já foram convocados 248 professores. O certame completou dois anos em 2016, foi prorrogado por mais dois anos e já está na 5ª chamada.
professora1Para Simone, que trabalhou como contratada de 2005 a 2013, estas conquistas significaram muito. Ela lembra como foi sua aprovação. “De 2007 a 2013, nunca mais tinha havido concurso para professor em Timon. Quando o edital foi lançado em 2013, me dediquei, fiz o concurso em fevereiro de 2014, fui aprovada e em agosto já estava trabalhando. Hoje, como efetiva, não tenho mais a preocupação de ser demitida ao final de cada gestão e ainda recebo meu salário em dia, isso demonstra respeito por nós. Assim, posso me dedicar com mais amor ainda ao meu trabalho no ABC da Criança”.

Desde que assumiu a Prefeitura Municipal de Timon, a atual gestão tem cumprido a Lei Federal nº. 11.758/2008, que regulamenta o Piso Nacional dos Professores, pagando o reajuste que é dado no mês de janeiro de cada ano, feito anualmente pelo FUNDEB (Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) sem precisar que estes professores reivindiquem o que é seu por direito.

De 2013 até hoje, já foram concedidas 171 mudanças de classe para os professores da rede municipal de ensino. Esse crescimento dentro da carreira representa um ganho de 5% a 30% em cima do salário do professor, dependendo da classe e do tempo de serviço do servidor.

Outra conquista dos profissionais da educação refere-se ao acréscimo da referência 07 ao tempo de serviço, determinado pela Lei municipal Nº 1.888/13, alterando a Lei 1.349/06. Isso significou um ganho real no vencimento do servidor, que incidirá diretamente na sua aposentadoria.

Hoje, os professores da rede municipal de ensino também contam com uma estrutura nas escolas adequada ao ensino e aprendizagem dos alunos, com salas de aula amplas, confortáveis e climatizadas. Além disso, estão mais seguros dentro dos prédios, pois a Prefeitura também investiu em videomonitoramento. “Estou gostando muito do investimento que o prefeito Luciano Leitoa, juntamente com a secretária Dinair Veloso, está fazendo na educação de Timon. Espero que essa dedicação continue e que eu contribua com estas mudanças com o meu trabalho”, conta Simone.

(Assessoria)

1 comentário

Airton Pires
Comentou em 16/10/16

Gostaria de saber em que posição está a convocação dos professores de ciências

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael