Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Informes rápidos do eliaslacerda.com

O caso dos suplentes na Câmara

Leandro Belo e Neto Peças: Sorrisos para a foto, mas no fundo ainda sentidos com a saída da Câmara.

Nenhum e nem mesmo os prejudicados se manifestaram em público até agora reprovando a atitude do prefeito Luciano Leitoa em devolver os vereadores titulares para a Câmara que ocupavam secretarias na administração municipal, interrompendo assim o mandato dos suplentes no legislativo. Mesmo não se manifestando, nenhum dos suplentes gostou de ter que deixar o mandato para o titular.

Nos bastidores a conversa é de que Luciano Leitoa poderia ser mais político e chamado os suplentes e titulares para explicar a situação, já que a justificativa foi para conter gastos. A mudança brusca, indelicada e sem qualquer conversa magoou.

Ao devolver para a Câmara Municipal os vereadores titulares da base, Chagas Cigarreiro, que estava na Fundação João Emílio Falcão, Jair Mayner , que estava na secretaria de agricultura e Helber Guimarães, que estava na secretaria de esportes, Luciano Leitoa interrompeu precocemente a estadia no legislativo dos suplentes Neto Peças, Guiomar e Leandro Belo, respectivamente.

 

O jeito Luciano de ser

Mas se o caso dos suplentes surpreendeu muitos, para aqueles mais próximos dos prefeito o fato não foi novidade. Eles dizem que Luciano Leitoa tem essas características, um homem que se não é dos políticos mais habilidosos e preocupados em convencer no diálogo, sobra na coragem de tomar decisões quando tem a convicção de que precisar tomá-las.

Gostando ou não, este é o estilo do prefeito de Timon…

 

Estado avançado de decomposição

O estado avançado de decomposição da ossada encontrada na Vila de Deus em Timon e que pode ser da estudante Sandyana da Silva Rocha, é o principal empecilho para se chegar a desvendar o caso. Já com material genético da mãe para fazer os exames de compatibilidade, o Instituto de Genética Forense do Maranhão em São Luis está com um pedaço da ossada encontrada para tentar  esclarecer o fato.

Os legistas estão tentando na parte interna do osso, único lugar que ainda estaria com razoável preservação, buscar material genético da vítima para comparar com o da mãe da garota.

Sandyana da Silva Rocha sumiu de casa no dia 3 de setembro do ano passado afirmando que iria a uma festa em Teresina. Nunca mais voltou…

Altas temperaturas favorece a rápida decomposição

As altas temperaturas de Timon e região favorecem a uma mais rápida decomposição dos organismos. A incidência dos raios solares em corpos desovados na região tem imediata decomposição por conta da perda de líquido.

De acordo com João Paulo, o diretor do Icrim de Timon, em menos de sete dias um corpo exposto ao sol nesta região fica totalmente decomposto.

 

Crise no Piauí suspende festival da uva

Sem festival da uva neste ano

A hora é mesmo de economizar e os gestores públicos apertam os cintos. O governo do Piauí confirmou ainda na semana passada o cancelamento de um dos mais importantes eventos do interior do estado, o Festival da Uva, em São João do Piauí. O motivo alegado pelo Executivo é a crise financeira. Seria a 7ª edição do evento que tem como objetivo fomentar a economia da região com a comercialização da fruta no sertão piauiense.

“Em virtude da crise econômica que assola o país, e, por consequência, o Estado do Piauí, o Governo do Estado informa o cancelamento da edição 2017 do Festival da Uva, na cidade de São João do Piauí”, informa nota oficial do governo.

Segundo o Executivo, os recursos que seriam destinados à realização do evento serão realocados na estratégia de garantir o pagamento em dia da folha do funcionalismo público, bem como o custeio de atividades essenciais como Saúde, Educação e Segurança Pública.

 

PCC investe na política maranhense

O Maranhão é um dos estados que está na lista dos pedidos de investigação em relação à influência de facções criminosas na política. A afirmação é do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes (na foto acima), feita ao jornal O Globo.

Segundo a reportagem de O Globo, o TSE acionou órgãos de investigação e inteligência do governo federal para coibir a iniciativa dos criminosos.

A preocupação é com as eleições em todo país, mas no primeiro semestre a Justiça Eleitoral encaminhou para a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e para a Polícia Federal um relatório com base na disputa de 2016 no Rio em que aponta a influência de facções criminosas e milícias em 19 zonas eleitorais de sete cidades, incluindo a capital.

O crime, porém, já esticou seus tentáculos em outros estados como São Paulo, Amazonas e Maranhão.
No Maranhão, a preocupação é com o financiamento de campanhas feitas por agiotas, cuja origem do dinheiro seria da facção Primeiro Comanda da Capital (PCC).

 

Guerra de mercado?

 

Continua sem serem descobertos os autores de áudios publicados nas redes sociais comunicando que o grupo Mateus do Maranhão está falido e fechará suas portas no estado, deixando milhares de desempregados. Depois de registro de Boletim de Ocorrência dos representantes do grupo denunciando a falsa informação, a polícia civil mergulhou de cara no caso, mas continua sem localizar os autores.

A tal rádio citada no áudio noticiando a falsa informação a polícia já descobriu que não existe. Na gravação diz-se que a emissora é de Brasília, mas as investigações já descobriram que a emissora não existe na capital federal.

Será a concorrência do grupo Mateus interessada em prejudicar a rede de supermercado ?

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael