Problemas de drenagem de ruas e obra parada do Contorno Rodoviário prejudicam acessos a cerâmica Barro Forte

TagsA maior e mais tradicional indústria cerâmica de Timon, a Barro Forte, está enfrentando problemas no seu acesso por conta da falta de drenagens de águas  pluviais de algumas ruas da Vila do Bec e também das obras de construção do Contorno Rodoviário.

Instalada deste 1986 no bairro Vila do Bec, a cerâmica Barro Fortes é referência na venda de material cerâmico na região e oportunidade de emprego para muitos moradores, especialmente da região do Parque Alvorada, em Timon. Proprietário da empresa, o engenheiro e industrial Antonio Carlos Fortes lamenta a negligência do poder público com a cerâmica.

Em conversa com o jornalista Elias Lacerda ele conta que um dos acessos de caminhões para sua indústria está prejudicado neste período chuvoso por conta das condições da rua. É a rua Recanto dos Palmares. A lama tem transformado a via num verdadeiro atoleiro e quando é melhorado o acesso, moradores do entorno da via jogam pedaços de madeira e outros obstáculos como forma de impedir a passagem de veículos, pois reclamam que a rua trafegável para carros transforma o local num lamaçal que colabora para o alagamento das casas pelas águas pluviais.

Segundo o empresário, a prefeitura de Timon já foi notificada por  ele próprio sobre o problema, mas providências até agora não foram tomadas.

Noticiado como um grande sonho desejado há décadas pelos timonenses, o Contorno Rodoviário também tem se transformado em mais um problema de acesso a cerâmica Barro Forte. Iniciadas as obras no ano passado, a construtora responsável simplesmente interrompeu uma via que existe de melhor acesso para a cerâmica, escavando no buracos para instalar tubos de drenagens e simplesmente abandonou o serviço desde dezembro do ano passado. No local estão dois buracos e as manilhas abandonadas há meses.

“Toda essa situação eu já comuniquei aos órgãos competentes. A prefeitura de Timon com relação a melhoria da rua Recanto dos Palmares. Sobre a obra do Contorno Rodoviário informei ao DNIT, mas ninguém tomou qualquer providência”, lamentou o empresário Antonio Carlos Fortes.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik