Tribunal de Contas da União pede informações a prefeitura de Timon sobre investimentos federais no município

Com bom trânsito em Brasília e órgãos de fiscalização e controle do governo federal onde tem boas amizades que sempre lhe mantém informado sobre a situação relação das instituições com Timon, uma fonte do eliaslacerda.com ligada a oposição timonense garante: A prefeitura de Timon recebeu nos últimos dias uma notificação pedindo informações sobre alguns investimentos federais no município.

As informações solicitadas pelo TCU seriam a respeito do Sistema de Esgotamento Sanitário implementados na administração da ex-prefeita Socorro Waquim e ainda sobre a concessão do abastecimento dágua da cidade feita na administração Luciano Leitoa.

O Tribunal de Contas da União teria dado 15 dias para o governo municipal fornecer todas as informações solicitadas. O objetivo do TCU é investigar a aplicação de recursos federais no âmbito municipal e sua efetiva execução das obras.

A instalação da rede de esgotos de Timon tem sido alvo ao longo dos últimos anos de muitas críticas, tudo porque a obra foi iniciada na gestão da ex-prefeita Socorro Waquim, foi assumida pela construtora Dornellas que escavou ruas e avenidas em diversos bairros da cidade para instalação de canos, consumindo milhões de reais  e, no entanto,  nunca se viu funcionar nada de esgoto. A obra até hoje segue abandonada sem qualquer resultado prático de benefício para a cidade.

Herdeiro do problema deixado pela gestora anterior, Luciano Leitoa fez a concessão do abastecimento dágua da cidade para a empresa Águas de Timon que se comprometeu a assumir a obra, o que também até hoje nunca aconteceu e não se sabe o motivo. Que o TCU esclareça. A população de Timon agradece.

1 comentário

DENIS SERVIO
Comentou em 08/11/19

Agora vai “feder” esse esgoto!!

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte
WhatsApp chat