Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Vereador Raimundo da Ração terá prejuízos com condenação no Tribunal de Justiça, mas dificilmente perderá o mandato

Raimundo da Ração: difícil perda de mandato, mas condenação pode lhe aposentar para a política

Eleito em 2016 para seu primeiro mandato como vereador de Timon, mesmo tendo anteriormente disputado outras eleições sem sucesso, o vereador do partido Solidariedade, Raimundo da Ração, esta envolto em uma pendenga jurídica que lhe ameaça com cassação , entretanto é entendimento de muitos que dificilmente perderá o mandato, mesmo sendo certo que tomará prejuízos.

A pendenga jurídica que está o vereador aconteceu desde quando foi condenado pela justiça criminal de Timon por ter atropelado uma mulher em 2014 (sem morte) , na avenida Francisco Carlos Jansen, em frente a agência do Banco do Brasil. O parlamentar municipal até recorreu para o Tribunal de Justiça, mas a Câmara Criminal manteve a sentença do juiz local timonense. Baseado nisso, a assessoria jurídica do suplente Tiago Carvalho  solicitou o afastamento  de Raimundo da Ração e a posse imediata do seu constituinte.

Mas Raimundo da Ração tem dois trunfos a seu favor. O primeiro é que a opinião de alguns advogados entende o caso como não necessário a perda do mandato. Além disso, o vereador titular tem a seu favor toda a mesa diretora da Câmara como aliada e as comissões por onde deve passar o processo com pedido de afastamento. Até chegar a justiça primeiro transitará no legislativo e em conversa com o eliaslacerda.com na semana passada, o vereador do PP, Ramon Júnior contou e não pediu segredo, que o legislativo municipal vai usar todos os prazos que tem direito para decidir a questão. Fala-se que o processo passará por comissões e até ir para votação na casa deverá ficar por lá por quase 300 dias, o que, claro, não terá desfecho neste ano e seguirá para 2020, último ano de mandato de Raimundo da Ração.

Por esta razão a aposta que ganha mais força é a de que Raimundo da Ração terminará o mandato sem desfecho final em favor do suplente.

Entretanto, cabe salientar que nem tudo são vitórias para o vereador titular. Da mesma forma que ganha força apostas de que ele não perde o mandato, é quase unanimidade entre muitos advogados que o vereador com a condenação que recebeu  estará aposentado para a carreira  política. Como foi condenado por colegiado (tribunal de Justiça) ele caiu na Lei da Ficha Limpa e não poderá mais ser candidato. Não é à toa que nos bastidores já surgem conversas que Raimundo da Ração estaria preparando a filha para se candidata.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael