Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Judiciário de Timon entrega livros doados ao Centro Socioeducativo de Internação da Região dos Cocais

Judiciário de Timon entrega livros doados ao Centro Socioeducativo de Internação da Região dos Cocais

Em solenidade na manhã de quarta-feira, 28, o juiz Simeão Pereira (Vara da Infância e Juventude da comarca de Timon) fez a entrega de livros ao Centro Socioeducativo de Internação Provisória da Região dos Cocais, localizado no bairro São Marcos, que assiste adolescentes envolvidos com a prática de ato infracional.

A doação foi recebida pelo diretor do Centro de Internação Provisória, Lívio Araújo Barros, que agradeceu em nome da equipe técnica da instituição e da direção da FUNAC e disse que os livros representam “um bom começo para a biblioteca que em breve será disponibilizada aos adolescentes, após a conclusão da reforma predial que está sendo feita pela Fundação da Criança e do Adolescente”.

CAPITÃES DA AREIA

Os livros foram doados pelo presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo ao Projeto “Capitães da Areia – Novos olhares ao adolescente em conflito com a Lei”, desnvolvido pelo juiz Simeão Pereira em Timon desde 2019, em parceria com os policiais do 11º Batalhão de Polícia Militar, que atuam como voluntários na formação dos adolescentes em conflito com a lei, nos momentos de folga.

Após participação em capacitação oferecida pela equipe técnica da vara, os policiais atuam em atividades de acordo com suas habilidades profissionais, nos eixos de comunicação, educação e cultura, esporte e lazer e profissionalização, envolvendo os adolescentes em rotinas de estímulo à leitura, reforço escolar, futebol de salão e aulas de xadrez e apoiando a sua reinserção na sociedade.

Acompanharam a doação o tenente-coronel Jorge Antonio Araújo, comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar, e a capitã Ticiany Ibiapina. O comandante destacou que a Polícia Militar, além de sua missão institucional de garantir a segurança da sociedade, se propõe a colaborar com a Justiça da Infância e Juventude da comarca de Timon e as demais instituições na promoção da cidadania, na construção da cultura de paz e na socioeducação de adolescentes em conflito com a lei.

A capitã Ticiany Ibiapina, coordenadora do Projeto Capitães da Areia,  lembrou que os livros doados à FUNAC tem como destinatários os adolescentes privados da liberdade, assistidos pelo Centro de Internação Provisória, e que o estímulo à leitura e à busca pelo conhecimento são estratégias concorrerão para uma ressignificação de vida dos jovens.

Assessoria de Comunicação
Corregedoria Geral da Justiça
[email protected]

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael