Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

“Poucos manterão pré-candidaturas até o final”, diz pré do PSOL de Timon

DinameDinamérico Pedreira (camisa azul clara, à direita na foto acima) esteve na sede do blog do Elias Lacerda acompanhado por seu colega de partido e provável candidato a vice, Franklin de Castro Almeida.

Integrante de uma das famílias mais conhecidas em Timon, a Pedreira,  o dentista Dinamérico Pedreira vai experimentar pela primeira vez uma candidatura de prefeito da cidade. Seu nome foi o escolhido pelo Partido Socialismo e Liberdade para concorrer no pleito deste ano. Ele acredita que poucos nomes vão manter suas pré-candidaturas de prefeito de Timon, pois muitos deles estão lançando seus nomes só para barganhar espaços importantes em outros grupos políticos.

Filho de Joaquim Pedreira , ex-vereador de Timon na década de 1960, numa época em que vereador não recebia salário, Dinamérico tem um DNA com estreitas ligações com a cidade. Seu bisavô, Firmo Pedreira, doou glebas de terras para o poder público local constituir no passado distante o município de Timon. Por conta disso, várias ruas, um residencial e até escola recebem o nome de parentes do pré-candidato.

Mas não é somente com esse perfil que o pré-candidato a prefeito do PSOL vai para a disputa de prefeito neste ano. Ele também possui vasta experiência na sua profissão e no serviço público. Com 40 anos exercendo a atividade de dentista na cidade, Dinamérico foi diretor do núcleo médico odontológico do hospital Alarico Pacheco, tanto na gestão Jackson Lago quanto na de Roseana Sarney, foi diretor do IPEM no município no governo Cafeteira, além de vários outros cargos públicos na administração municipal.
Ele também foi candidato a vereador em eleições anteriores,  mas não obteve sucesso.

“ Não sei quantos candidatos a prefeito terá Timon. A única certeza que temos é que o PSOL terá um candidato a prefeito”, disse Dinamérico em visita que fez a sede do blog do Elias Lacerda acompanhado do funcionário público aposentado Franklin de Castro Almeida, o seu provável candidato a vice.

Confira abaixo a entrevista concedida ao blog pelo pré-candidato:

Blog do Elias Lacerda- Porque o senhor decidiu ser candidato a prefeito de Timon?

Dinamérico Pedreira – Atendo pedido do partido, sou ficha limpa,temos uma vasta folha de serviços prestados à população de Timon e experiência com trabalho público. Por isso entendemos que podemos contribuir com a população local colocando o nosso nome como pré-candidato a prefeito para a avaliação do eleitorado timonense.

Blog do Elias Lacerda – O senhor é o presidente do PSOL em Timon. Como está o partido para o pleito deste ano?

Dinamérico – Temos hoje uma sigla estruturada. Tivemos dificuldade de encontrar nomes que quisessem marchar contra o padrão da velha prática política que tanto infelicita o país, mas felizmente encontramos pessoas com o perfil exigido pelo partido e dispostas a concorrer como candidatas a vereador. Atualmente contamos com 15 nomes que vão disputar vagas para a Câmara.

Blog do Elias Lacerda- O PSOL pretende fazer alguma composição com outros partidos?

Dinamérico – Até o momento não fomos procurados por nenhuma sigla que milita no nosso campo político e que se aproximam de nossas ideias. Por conta disso, deveremos sair mesmo é com chapa pura.

Blog do Elias Lacerda – E as pré-candidaturas de prefeito como as do PT,PRB, PSC,PP. Esses partidos tem apresentado pré-candidatos, não interessaria ao PSOL uma coligação com nenhum deles?

Dinamérico – A gente não acredita que eles serão candidatos. A história tem nos mostrado que normalmente esses candidatos acabam se coligando a candidaturas de grupos políticos maiores. Com raríssimas exceções, a maioria delas está aí fazendo jogo para barganhar espaço melhor em outra candidatura.

Blog do Elias Lacerda – Então esses partidos não vão lançar candidatos a prefeito, no seu entender?

Dinamérico – Não sei.  Não sei quantos candidatos a prefeito terá Timon. A única certeza que temos é que o PSOL terá um candidato a prefeito.

Blog do Elias Lacerda- Como o senhor avalia as pré-candidaturas de reeleição do prefeito Luciano Leitoa pelo PSB, de Socorro Waquim pelo PMDB e a do deputado estadual Alexandre Almeida pelo PSD?

Dinamérico – Entendo que a população está cansada dos grupos políticos dominantes de Timon. Os Leitoas e os Waquim já foram testados e não deram certo. Alexandre Almeida não representa mudança alguma. Ele vem da escola do grupo Sarney que tanto infelicita o Maranhão com suas práticas.

Blog do Elias Lacerda – O que o eleitor pode esperar de novo na pré-candidatura do PSOL neste ano? Em 2012 vocês lançaram a candidatura do professor Costa e foram muito mal votados naquele pleito. 

Dinamérico – Aquele projeto de candidatura do professor Costa foi um erro que o partido cometeu. Não deveria ter apresentado o nome dele como candidato. Costa não se adequa ao perfil que o PSOL exige para um candidato a prefeito de Timon. Tanto foi um erro que hoje ele trabalha na administração do atual prefeito Luciano Leitoa e não mais pertence ao partido.

A situação atual com nosso nome posto como candidato é outra totalmente diferente. Sabemos que a missão será difícil, mas temos a convicção que seremos uma alternativa nova e viável. Nosso propósito é fazer uma campanha independente, livre de financiamento ou compromissos com grupos empresariais. Estamos fazendo um trabalho de buscas e incorporação de pessoas que tenham afinidade com esse jeito novo de fazer política, que coloca de lado os interesses particulares e priorize os interesses maiores da população. Assim vamos seguir…

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael