Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Assista: Secretário de Segurança fala em Bacabal sobre morte de comerciante que teria sido morto por policiais

Assista ao vídeo acima:

Secretário de Segurança do Estado Jeferson Portela está em Bacabal com o Subcomandante Geral da Polícia Militar e o Delegado Geral da Polícia, para conversar com as equipes que atuaram no primeiro momento fazendo o ator de prisão em flagrante e o exame médio legal para contar detalhes do que aconteceu com a vítima. Eles iram acompanhar de perto as investigações sobre o caso do comerciante encontrado morto e sobre o corpo de José de Ribamar Neves Leitão que está desaparecido. Ribamar foi acusado pelos policiais que agora estão presos, suspeito de ter furtado os supostos carneiros (entenda o caso clicando aqui).

“Nós precisamos deixar isto claro pra sociedade, pro que na minha compreensão, a sociedade tem o direito de saber de público tudo que aconteceu com a vítima e com comportamento e a prática dos policiais militares já preso no presídio em São Luís”, disse Jeferson Portela.

Tenente Pinho, Sgt Custódio, Cabo Robson, Cabo Rogério e Cabo Henrique foram presos e foram encaminhados ao presidio em São Luís, nesta terça-feira (2), são acusados da morte do empresário Marcos Marcondes e do sumiço de José de Ribamar, que até o momento a família não teve nenhuma informação do paradeiro do mesmo.

Os dois foram levados pelos policiais sob a suspeita de envolvimento no furto de carneiros. O corpo do comerciante encontrado pela família tinha hematomas dando sinal de tortura. De acordo com familiares, um dos dedos da vítima foi cortado.

Bateram muito de pau na vítima, cabeça quebrada na parte de trás, 5 costelas quebradas, nariz, uma unha arrancada, as marcas da algema mostram diante de tudo que aconteceu eu uma prova da tortura sofrida pelo comerciante.

Do blog Falando Sério, de Bacabal

2 cometários

Raimundo Gomes
Comentou em 03/02/21

Meu senhor do céu. Como pode tantos polícias do Estado do Maranhão envolvidos em suspeitas de crime. Sabe o que é isso. Muitos pensam que por portarem uma arma e vestirem uma farda pode cometer todo tipo de crime. A polícia tem que apura.

Helena
Comentou em 03/02/21

Deve ser apurado. E cortar na carne os falsos polícias. Eu vie as filmagens no G1 Maranhão.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael