Com vídeo: Polícia prende acusado de aplicar golpe de 30 mil reais se passando por senador

O dono de uma barbearia foi preso em flagrante em um condomínio da zona Leste da Capital. Ele é suspeito de se passar por senador do Piauí para conseguir dinheiro das vítimas com o pretexto de que ajudaria obras sociais. O golpe aplicado em uma das vítimas ultrapassa R$ 30 mil.

A prisão ocorreu nessa quarta-feira (03) quando ele recebia dinheiro de uma das vítimas. O flagrante foi feito por equipes da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) com apoio da Gerência de Polícia Especializada (GPE).

Delegados Anchieta Nery, titular da DRCI, e Matheus Zanatta, do GPE

“O investigado agia utilizando redes sociais, nas quais se passava por um senador da República. Após estabelecer contato e relação de confiança com as vítimas, o autor solicitava que elas realizassem transferências bancárias, bem como doação de bens diversos para trabalhos sociais. Acreditando estarem tratando com o senador, as vítimas caíam em erro”, explica o delegado Matheus Zanatta, do GPE.

O delegado explica que, para disfarçar o crime, o suspeito realizava ações sociais junto a uma igreja evangélica. Ele participava também de eventos políticos no qual escolhia novos alvos.

Até o momento já foram identificadas quatro mulheres vítimas do mesmo golpe.

“A Polícia Civil reforça a necessidade de cuidado e precaução nas relações estabelecidas online, sejam pessoais ou comerciais”, reitera Zanatta.

A Polícia Civil do Piauí disponibiliza o site http://www.pc.pi.gov.br/denuncia_anonima.php para denúncias anônimas.

Do cidadeverde.com

1 comentário

Rômulo Rocha
Comentou em 04/06/20

Parabéns, trabalho da inteligência policial do Piauí.
Aqui há profissionais capacitados nestes tipos de crimes .

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte