Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Diretores de escola se reúnem com polícia militar para tratar da segurança nas unidades de ensino

A parceria entre Educação e Polícia Militar intensifica a segurança de alunos, professores e demais funcionários da rede municipal de ensino. Por isso, reuniões estão sendo realizadas com os diretores das escolas municipais, a fim de fortalecer essa parceria. Na última quinta-feira (18.05), a reunião foi com os gestores das escolas das regiões do Centro, Parque Piauí e demais bairros, com exceção do grande Parque Alvorada, na sede do 11º Batalhão.

As reuniões iniciaram com os diretores das escolas do bairro Parque Alvorada, Cidade Nova e toda aquela região e, desta vez, com as escolas municipais e estaduais dos demais bairros da cidade.

De acordo com a secretária de educação, Dinair Veloso, o objetivo é fortalecer a parceria com a Polícia Militar e garantir a segurança nas escolas. “Escolas da rede municipal e estadual de ensino estiveram presentes para a construção dessa parceria; foi um momento proveitoso, pois os gestores tiveram a oportunidade de colocar algumas dificuldades encontradas em relação à violência e o comandante sugerir soluções que possam coibir essas situações. Então, fortalecendo essa parceria, estamos no caminho certo para melhorar a segurança das nossas escolas”.

O comandante geral da Polícia Militar de Timon, tenente coronel Hormann Schnneyder, reitera que esse contato com os gestores é uma forma de estreitar a parceria com a Educação na intenção de melhorar a comunicação das escolas com a polícia. “Estamos fazendo as reuniões por polos; criamos um grupo no WhatsApp, no qual os diretores terão a possibilidade de solicitar a polícia, em caso de ocorrência, tendo acesso diretamente ao Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM). São estratégias adotadas para otimizar o atendimento das demandas”.

A diretora da Escola Municipal Urbano de Sousa Martins, localizada no bairro Parque Piauí II, Maria José Araújo, destacou que a reunião foi proveitosa. “O comandante Schnneyder falou sobre as ações da polícia comunitária, principalmente em relação aos grupos de WhatsApp com os gestores, que estão surtindo efeito no sentido de resolver da melhor forma possível e com muita brevidade as nossas solicitações”.

A Polícia faz um trabalho de prevenção. Além dos grupos de WhatsApp com os diretores, as escolas contam com o  Grupo de Apoio e Proteção à Escola (GEAPE), que faz visitas diariamente, de acordo com um cronograma, bem como as rondas das viaturas. “O comandante colocou à nossa disposição todos os números do COPOM, falou sobre as visitas do GEAPE às escolas e as viaturas que fazem ronda e ficam em pontos estratégicos da cidade”, disse a diretora da Escola Municipal Ney Rodrigues de Vasconcelos, do bairro Mutirão, Girlene Adriano.

(Da assessoria)

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
TekyNik