Águas de Timon
Destaques

Polícia investiga se assassinatos na Vila do Bec foi ação de justiceiros



Folguedos de Timon 2018

O delegado de Homicídios de Timon, Antonio Valente, viu crescer inesperadamente em 48 horas o número de homicídios na cidade. Quinta e sexta-feira últimas (8 e 9 de março) foram registrados quatro homicídios, sendo dois na Vila do Bec na quinta à noite, e na sexta um no bairro Vila Angélica e um corpo achado na periferia , na saída de Timon, próximo a BR 316.

De todos os crimes,  aqueles que tem mais chamado a atenção da polícia foi o duplo homicídio ocorrido da noite de quinta-feira, na rua 1, na Vila do Bec. Lá um motoqueiro encapuzado surpreendeu três jovens que estariam sentados e disparou contra os mesmos, sendo que dois morreram, José Carlos da Silva (este ainda foi socorrido, mas morreu no hospital) e Adailton Francy Dias da Silva.

O terceiro jovem, Evandro Pereira da Silva, foi baleado, mas conseguiu escapar após ser levado para a UPA de Timon e depois para o Hospital de Urgência de Teresina.

Os assassinatos ocorridos na Vila do Bec são semelhantes a dois outros crimes acontecidos anteriormente no mesmo bairro em 2017 e 2016. Por conta disso, nos últimos dias tem sido comum conversas entre os moradores da Vila do Bec de que os homicídios estariam sendo praticados por um justiceiro, tendo em vista que a maior parte das vítimas tem passagens pela polícia.

“Não descartamos essa possibilidade, entretanto, não podemos afirmar nada até agora”, disse o delegado Antonio Valente ao eliaslacerda.com na manhã desta segunda-feira(12).

De acordo com Antonio Valente, o que se sabe até agora é que um dos jovens mortos na quinta-feira na Vila do Bec estaria sendo ameaçado de morte.

Enquanto a polícia não desvenda o crime, é informação comum dos moradores da Vila do Bec que após os assassinatos, as pessoas tem mudado de hábito. Estão fechando as portas mais cedo da noite e poucos tem se aventurado a andar nas ruas no período noturno. “Até usuários de drogas que a gente costumava ver por aí nas ruas, parece que andam escondidos”, declarou uma moradora ao eliaslacerda.com pedindo para não ter seu nome revelado.

Você pode ler também!

  • Thiago disse:

    Rapaz deixa o justiceiro trabalhar em paz. A pc tem que procurar o vagabundo que roubou minha TV lá no bec.

    Os roubos e latrocínios a cidadão de bem o poder público não se manifesta, mas se morre vagabundo aí tem que dar uma resposta…pera aí né!!!!!!!

  • Tiuba disse:

    Rapaz, se for justiceiro mesmo, precisa-se de um no Parque Alvorada. eita lugar para ter bicho ruim…
    Porém, justiça com as próprias mão é crime também, então…

Deixe um comentário



Barro Forte