Policial civil do Maranhão morre afogado em piscina de sítio em Teresina

O policial civil do Maranhão e tatuador Aydon Aristóteles morreu ,na tarde desse domingo (10), em um sítio localizado na zona Sul de Teresina. O Instituto Médico Legal fez a remoção do corpo e confirma que a vítima se afogou em uma piscina.

Na rede social Facebook amigos e familiares de Aydon lamentam sua morte e dizem que estão “sem acreditar”. As informações iniciais são de que o afogamento ocorreu durante uma confraternização.

A direção do IML que foi colhido material do corpo da vítima para exame toxicológico, que deve apontar se o policial estava embriagado ou se teria feito uso de alguma substância psicotrópica antes de se afogar.

“Estou em choque com a notícia de falecimento de Aydon. Não dá para acreditar”, diz uma amiga. “O tempo necessário para toda esta dor ir embora é ainda indeterminado, mas todos os dias em que a coragem de seguir em frente vencer a tristeza devem ser devidamente comemorados”, postou um familiar no perfil do Facebook do policial.

Ayldon era casado e tinha uma filha. Ele já foi policial militar, lotado na cidade de Corrente.

A diretoria de esportes da Associação dos Policiais Civil do Piauí emitiu nota de pesar lamentando o falecimento de Aydon.

“É com muito pesar que a Diretoria de Esportes da APOCEPI e todos os times do Torneio de Integração da Polícia Civil do Piauí  manifestam seu mais profundo pesar pelo falecimento do senhor Aydon”, diz a nota.

(Do cidadeverde.com)

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik