Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Polícias militares agem rápido e prendem na madrugada os dois acusados de matar dono de pizzaria em Timon

João de Deus Alves(na foto acima) tinha 55 anos e não teve nem chance de reação ao ser surpreendido pelos bandidos na noite de ontem, sábado (18).

Atualizada às 11 horas e 40 minutos

A noite de ontem, sábado (18) foi de muita tristeza para parentes e amigos em Timon do dono da pizzaria Cantinho da Pizza, João de Deus Alves(Foto),de  55 anos, no bairro Parque Alvorada. Ele trabalhava como entregador da pizzaria que é proprietário quando foi morto num crime de latrocínio. O crime aconteceu numa rua do residencial Primavera.

Ele que trabalhava com um auxiliar foi surpreendido por dois elementos armados .Os dois bandidos chegaram logo atirando, o auxiliar fugiu na outra motocicleta e o dono da pizzaria ficou caído no enquanto eles fugiram na motocicleta da vítima, uma FAN 150 vermelha placa OXZ 4518.

Ao tomarem conhecimento do fato que aconteceu por volta das 20 horas e 40 minutos, homens da polícia militar saíram em rondas pela cidade. Os dois elementos após o crime continuaram na prática criminosa fazendo assaltos. Na madrugada  polícia soube que eles haviam feito vítimas no bairro Formosa e a informação foi a senha para os policiais fecharem o certo a dupla que foi interceptada às 4 horas e 30 minutos da madrugada. Os dois foram rendidos e presos no bairro Cidade Nova.

O trabalho dos militares foi de rápida resposta e os acusados foram reconhecidos como autores do latrocínio contra o empresário João de Deus Alves.

Um dos dois acusados é de menor e o outro maior de idade, sendo o menor conhecido no meio policial com várias passagens pela polícia. Já,inclusive, cumpriu medida socioeducativa em São Luis, mas voltou no final do ano passado e voltou a prática criminosa.

Os dois foram levados para a delegacia Central de Flagrantes junto com as armas e a motocicleta roubada.

“Fizemos nossa parte, agora é com a justiça. Estamos com o sentimento do dever cumprido que é de dar a resposta imediata a prática criminosa. Infelizmente não podemos salvar a vítima, pois não temos como estar em todos os pontos da cidade a todo o momento, mas pelo menos demos a devida resposta a esse crime lamentável que foi a perda deste chefe de família”, contou ao eliaslacerda.com o comandante do 11º Batalhão em Timon, coronel Ribeiro.

 

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael
TekyNik