Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

A posse de Carlos Brandão no governo e o desabafo do vereador Uilma Resende você encontra nos Informes Rápidos do eliaslacerda.com

As alfinetadas e desabafos de Uilma Resende

Coube ao vereador Uilma Resende, reeleito presidente da casa legislativa timonense, proferir o último discurso na solenidade de posse dos eleitos. Em tom de desabafo, Uilma aproveitou o momento para desmontar  lamentos dos vereadores de oposição que disseram terem sido discriminados na formação da chapa da mesa diretora da casa pelos vereadores da base do prefeito.

O presidente lembrou que no passado recente foi oposição no legislativo e que até expulso de sessão foi sem que ninguém dos que hoje lhe critica ter se solidarizado com ele. “Eu aqui nunca cortei sequer o microfone de um vereador de oposição. Já quando fui vereador fui até expulso de sessão. Também nunca me chamaram para compor mesa diretora e nem por isso fiquei chateado, com raiva”, lembrou o vereador.

Uilma Resende também deu uma alfinetada na decisão dos seis vereadores oposicionistas que resolveram  se abster da votação para a direção da casa. “ Vejo tanta gente cobrar mais democracia, que fomos antidemocrático, mas numa eleição dessa se abstém de votar. Não vejo fortalecimento de democracia com abstenção em votação”, concluiu ele.

Choro

Ao final do seu discurso e emocionado, Uilma Resende chorou relatando momentos de dificuldades e as vitórias conquistadas no ano que passou.

 

Vocação para líder na câmara

Nenhum outro vereador de mandato na Câmara Municipal tem mais vocação para ser líder de governo que José Carlos Assunção, do PSB. Ele foi por seis anos o líder da ex-prefeita Socorro Waquim durante os oito anos de mandato dela quanto dirigiu os destinos do município.

Ontem, no primeiro dia do ano, durante a posse dos vereadores, José Carlos Assunção foi mais uma vez convidado para ser novamente o líder do prefeito naquela casa. O convite de Luciano Leitoa foi aceito de pronto.

O aceite de José Carlos Assunção o coloca como o mais cobiçado parlamentar para a missão de líder de governo. Como já foi líder por dois anos do governo Luciano Leitoa na casa, com o retorno a liderança e somados aos anos do tempo de Socorro Waquim, José Carlos saltará sua missão para dez anos como líder.

Tanto convite assim deve ser porque o homem tem qualidades para a missão…

 

A Coopimar vai ficar?

O prefeito de Timon, Luciano Leitoa não soube responder se a Coopimar continuará prestando serviço para o seu governo. Envolvida numa investigação da Controladoria Geral da União, Polícia Civil e Ministério Público por supostos desvios de recursos e licitação fraudulenta, a cooperativa tem jogado respingos de desgastes na imagem dos 17 prefeitos do Maranhão para quem presta serviços.

Luciano Leitoa falou sobre o assunto após a solenidade de posse dos eleitos na Câmara Municipal durante entrevista a imprensa local. Concluiu o assunto dizendo que até o final deste mês deverá ter uma posição.

 

Carlos Brandão assumirá o governo do Maranhão nesta terça

O vice-governador Carlos Brandão, assumirá o governo do estado do Maranhão nesta terça-feira, dia 3.  O governador Flávio Dino vai tirar licença de dez dias de férias.

Esta não é a primeira vez que Carlos Brandão assume o governo. Em janeiro do ano passado ele também assumiu a administração estadual, oportunidade em que Flávio tirou férias.

 

2016 de realizações

 

O ex-secretário Municipal de Infraestrutura, Dolival Andrade, contou ao eliaslacerda.com que 2016 não poderia lhe ser mais generoso.

“Foi um ano de muitas conquistas. Minha filhinha de cinco anos se formou no ABC, minha esposa em fisioterapia, uma filha adotiva também se formou, meu filho Felipe Andrade se formou em Assistência Social sendo em seguida eleito vereador de Timon como um dos mais votados,  e pra finalizar, o prefeito Luciano Leitoa foi reeleito. O ano não poderia ser mais generoso comigo”, explicou Dolival durante a solenidade de posse dos novos eleitos na Câmara ocorrida ontem.

 

Anderson Pego e Socorro Waquim

O governo Luciano Leitoa já sabe quais serão os nomes que devem marcar posição de mais oposição a gestão municipal. Anderson Pego, do PRB e Socorro Waquim, do PMDB, devem ser os dois a fazer uma oposição mais consistente ao governo do prefeito reeleito.

Para muitos observadores da política local, essa tendência pode ser observada até mesmo na arrumação das cadeiras na reunião ocorrida na sexta-feira última (30) entre os vereadores da oposição,  quando para o anúncio de que se absteriam da eleição para a mesa diretora. Anderson Pego aparece ao centro, como que no comando do grupo,  tendo logo ao lado a ex-prefeita Socorro Waquim.

Tem gente que acha exagero esta análise e que não tem sentido, entretanto para outros é uma revelação, mesmo que involuntária (ou não),  desta tendência…

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael