Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Ainda infernizando Luciano Leitoa e o PSB, Roberto Rocha pode se tornar problema agora para o vice-governador Carlos Brandão

Acima o senador Roberto Rocha em reunião com lideranças de Imperatriz durante sua passagem pela cidade na última sexta-feira(11).

Como um estranho no ninho desde que se virou contra os aliados do governo Flávio Dino no PSB que o ajudaram a se eleger senador em 2014, Roberto Rocha parece entender que sua missão em tentar tomar a sigla socialista dirigida no Maranhão pelo prefeito de Timon, Luciano Leitoa, não será nada fácil. Por conta disso, o senador já trabalha um plano “B”, que é o de migrar seu projeto político de ser candidato a governador. Sua alternativa publicamente divulgada é a de ser candidato  pelo PSDB, sigla que atualmente é comandada no estado pelo atual vice-governador Carlos Brandão. A possível fuga de Rocha para o ninho tucano pode melar o trabalho de Brandão que luta para manter o partido na base de Flávio Dino.

Veja abaixo os planos do senador Roberto Rocha na matéria publicada no blog do jornalista John Cutrim:

Em coletiva a um grupo de jornalistas de Imperatriz nesta sexta-feira (11), o senador Roberto Rocha (PSB) confirmou o desejo ser candidato a governador pelo PSDB. “Eu desejo ser candidato a governador pelo PSDB, pois eu tenho a alma tucana, ninguém precisa ter dúvida disso”, afirmou Rocha.

Presente na coletiva, o ex-prefeito Sebastião Madeira revelou que esteve na semana passada com o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati, o senador Aécio Neves e o ministro Aloysio Nunes no intuito de convencê-los a convidar o senador Roberto Rocha para ser o candidato a governador do PSDB no Maranhão.

Com o PSB na base do governador Flávio Dino e contra o governo Michel Temer, Roberto, que faz parte da base do presidente, disse que tem tido dificuldade na siga socialista. “Se eu não conseguir resolver, eu acredito é que os incomodados que se retirem, então eu posso sair do PSB, mas isso sem briga, sem ofensa, sem nada”, declarou.

Rocha disse que vai tomar uma decisão após a convenção nacional do PSB, a ser realizada em outubro, onde será decidido o novo comando do partido. “Acho prudente aguardar pra ver os acontecimentos”, afirmou o senador. Rocha espera que os paulistas conquistem a presidência do partido contra os pernambucanos para permanecer na sigla.

Em Imperatriz, Roberto Rocha ainda esteve com o também ex-prefeito Ildon Marques (PSB).

1 comentário

Miguel
Comentou em 12/08/17

PSDB é fraco demais para isso e R.R. acompanha a carruagem do partido. Não faz medo algum! O que faz medo é a corja dos Sarney que, não por ser forte, mas pela trapaça que sempre fazem. Nada mais que isso.
Flávio Dino reeleito!

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael