Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Informes rápidos do eliaslacerda.com

Mentira desfeita

Da esquerda para a direita: João Vicente Claudino, Ivan do Saborear e Roberto Jéferson

No último dia 10 o vereador Ivan do Saborear, do PTB de Timon, constatou o que este eliaslacerda.com já vinha dizendo há dias neste espaço e que outros meios de comunicação insistiam em dizer o contrário e passar pra frente uma mentira: O deputado federal Waldir Maranhão não vai se filiar ao PTB do Maranhão.

Em visita a Teresina, o presidente nacional do PTB, o ex-deputado federal Roberto Jéferson,  jantou com lideranças políticas do partido na capital piauiense, como o empresário e ex-senador João Vicente Claudino.

O vereador timonense esteve presente e perguntou diretamente a Jérferson se a história de filiação de Waldir Maranhão propagada na imprensa era verdade. Jéferson foi categórico na resposta. Disse que nunca sequer o assunto foi tratado no partido.

“As informações que saiam na imprensa era tudo mentira”, contou Ivan ao eliaslacerda.com dizendo que este veículo foi o um dos poucos que não caiu na esparrela mentirosa.

 

Sem acordo

Acima José Carlos Assunção à esquerda e Mizael Francisco à direita

Não teve acordo na audiência do processo que o vereador José Carlos move contra o militante político Mizael Francisco , o “Jovem Mizael”. A audiência aconteceu no último dia 7 deste mês no fórum local.

José Carlos Assunção não aceitou acordo.

O processo nasceu provocado por um episódio ocorrido em setembro de 2015, quando o vereador foi acusado de agredir Mizael Francisco, fato amplamente divulgado nos meios de comunicação. O vereador resolveu acioná-lo na justiça por entender que  as acusações contra a sua pessoa não procedem.

“Reuni provas técnicas que mostram que não o agredi e resolvi mover a ação por danos morais”, disse o vereador ao eliaslacerda.com

Ferrenho militante político contra a gestão do prefeito Luciano Leitoa naquela época, Mizael Francisco hoje mudou de estilo de vida e tem se dedicado aos estudados e ao trabalho.

 

Projeto precisará de muita articulação para ser aprovado

Acima o vereador Henrique Júnior com lideranças da paróquia de São Francisco na Câmara Municipal explicando o projeto que até agora não entrou em pauta na casa.

O vereador Henrique Júnior e os membros da paróquia de São Francisco vão precisar de muita articulação para mudar o apagado e desconhecido da maioria da população, feriado de 15 de outubro no município, data da passagem de Nossa Senhora do Rosário de Fátima pela cidade , fato ocorrido há mais de 60 anos. O projeto quer apenas substituir os santos, em vez de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, passar a homenagem para São Francisco pela importância que o santo tem para o contexto religioso atual no município.

As boas intenções do vereador tem encontrado resistências no meio católico. O Conselho Paroquial da Igreja São José já se posicionou contra, mesmo com o boa gente padre João Paulo e os fiéis da igreja de São Francisco em Timon dando total apoio ao projeto do vereador.

Os outros vereadores da Câmara olham temerosos entrar nessa falta de entendimento. Muitos já avisaram: Só votam a favor se houver entendimento dentro da igreja católica, afinal, político que tem juízo não briga líderes religiliosos..

 

preço da exposição de Flávio Dino

Que o governador Flávio Dino não tem nada haver com Lava Jato, qualquer pessoa de bom senso, que analisar com isenção os fatos e documentos  ou que conheça a sua história sabe disso. As razões para que o chefe do executivo maranhense apareça nas delações são outras.

A aprovação do seu governo, situação totalmente incomum entre os governadores de estado, a sua exposição na defesa do governo Dilma no período da cassação e até a possibilidade de ser o candidato a presidência da república em caso de consenso entre PC do B e PT, numa eventual impossibilidade de Lula não poder disputar o pleito em 2018, são os reais motivos que estão por trás dessa jogada da elite econômica e  política  que detesta o modelo petista de governar. Modelo que aliás, errou muito e se envolveu sim em corrupções lamentáveis.

São estas as explicações, nada mais mais que isso, afinal, no mundo político e econômico nada acontece por acaso…

 

Áudio baixo nível

Acima Aderson à esquerda e Delfino Guimarães à direita: Áudio pesado e de baixo nível contra o vereador

O ex-secretário municipal de infraestrutura de Timon, engenheiro Delfino Guimarães, já se pronunciou negando ser de sua autoria o áudio que circula no Whatsapp atacando violentamente o vereador do PRB,  Anderson Pego. A gravação é como se fosse na voz de Delfino Guimarães.

Baixo nível e com ataques pessoais ao vereador, a gravação nem vale a pena ser ouvida por quem gosta da política em nível mais elevado, entretanto ganhou velocidade nos grupos de Whatsapp e praticamente atingiu todos os conhecidos grupos locais que tem como foco a política municipal timonense.

Assim ninguém avança…

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael