Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Secretária de educação se reúne com vereadores para esclarecer dúvidas sobre o processo seletivo de professores

 EA9A6224

A secretária de educação, Dinair Veloso, juntamente com integrantes da Comissão Organizadora do Processo Seletivo Simplificado para o cargo de professor temporário, reuniu-se com vereadores, a fim de esclarecer dúvidas sobre o certame. A reunião aconteceu na manhã de hoje (09.02), na Secretaria Municipal de Educação (SEMED).Foram discutidos assuntos como o quantitativo das inscrições no Processo Seletivo, que passaram de quatro mil currículos recebidos; critérios de avaliação, que estão sendo utilizados pela comissão avaliadora e estão previstos no Edital: formação acadêmica, experiência e qualificação dentro da área de atuação; divulgação dos resultados, previsto para dia 14 de fevereiro; lotação dos professores selecionados, bem como o início das aulas.

Na oportunidade, os temas transporte e calendário escolar também foram explanados. “Estamos sempre dispostos a receber os vereadores, claro, sempre oficializado e intermediado pelo secretário de relações institucionais, Saney Sampaio. Hoje, nós os recebemos para falar sobre o Seletivo. O município assinou um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público, em que foi acordado que até o dia 15 de janeiro chamaríamos os classificados do concurso e, depois disso, realizaríamos o Processo Seletivo. Tudo foi feito de forma organizada e em comum acordo com o MP”, explicou Dinair.

EA9A6229

Uma das maiores dúvidas dos vereadores era quanto à quantidade de dias para recurso e o tempo de experiência dos candidatos, que foi reduzida de cinco para três anos, de acordo com a Retificação do Edital nº 001/2017, publicada no Diário Oficial do Município no dia 20 de janeiro. O presidente da Comissão Organizadora, Victor Serra, comentou sobre as mudanças: “Queremos professores que estão na ativa, se qualificando, seja ele de qualquer rede, pública ou particular. Quanto às atividades complementares, a exigência continua de cinco anos. Com relação ao tempo para entrar com recurso, é de um dia porque não teve prova objetiva, discursiva ou prática, a análise é simplificada e curricular”.

Saney Sampaio, secretário de Relações Institucionais e integrante da comissão, enfatizou ainda que, determinado pelo prefeito Luciano Leitoa, o Processo Seletivo era necessário para melhorar ainda mais a qualidade da educação na rede municipal, com vistas ao IDEB. “Nesse momento, o Seletivo era imprescindível, pois a Prefeitura investiu em ótimas estruturas físicas, valorização do profissional da Educação e não deixa de investir na qualidade do ensino. Com o Seletivo, teremos ainda mais profissionais qualificados na Educação, além do quadro de efetivos, que já conta com professores de alto nível. Consequentemente, nosso ensino irá avançar de forma real e alcançaremos resultados ainda melhores no IDEB”.

“Viemos aqui comprovar o que já entendíamos que estava sendo feito, comprovar a lisura do Processo; esta é nossa obrigação enquanto parlamentar, atestar que o Processo Seletivo esteja ocorrendo de maneira correta e idônea. Esta é uma grande oportunidade para os timonenses, tanto para alunos quanto professores, pois teremos mais professores qualificados atuando na rede”, disse o presidente da Câmara de Vereadores, Uilma Resende.

EA9A6223

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael