Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Suplente de Alexandre Almeida quase foi aos tapas com deputada na assembleia

marcos playO tempo esquentou na sessão desta quarta-feira (31) na Assembleia Legislativa. Os deputados Marcos Caldas (PSDB) e Andrea Murad (PMDB) quase chegaram as “vias de fato”. Foi preciso a atuação da turma do “deixa disso” para apartar os brigões e o presidente em exercício, Cesar Pires (PEN), foi obrigado a encerrar as discussões do dia.

Tudo começou quando o deputado Marcos Caldas subiu a tribuna para defender o governador Flávio Dino (PCdoB) das críticas do deputado Sousa Neto (PROS) pelos números da violência no Maranhão. Caldas alegou que a insegurança era fruto da oligarquia e que nunca precisou de padrinho político para se eleger, insinuado que Neto deve sua eleição ao sogro, Ricardo Murad (PMDB). Venho aqui para dizer para o deputado Sousa Neto que estou aqui acompanhando os trabalhos desta Casa há mais de 10 anos, quando vossa excelência ainda era solteiro. E tive dois mandatos de deputado e estou aqui pela terceira vez sem nenhum padrinho político. Não devo meu mandato a governador, não devo meu mandato a nenhum padrinho político”. Em seguida, ao responder uma intervenção de Adriano Sarney (PV), e ao falar da saúde do Maranhão chamou a deputada Andrea Murad (PMDB) de “filha do poder”. A frase foi o estopim para uma discussão acalorada.

No seu pedido de resposta, Andrea acusou Caldas de oportunismo, que deve todos as suas eleições a Roseana Sarney (PMDB) e o acusou de utilizar o helicóptero oficial do Governo para lazer. “Lembro bem que quando vossa excelência foi governador, uma das coisas que ficaram marcadas na sua gestão foi o seu passeio de helicóptero eterno e a festa que fez em Brejo. Eu acho que foi essa a sua grande obra como governador do Estado”. E completou, “então, para terminar, eu hoje entendi porque o seu apelido (Marcos Play) é o que é”.

Mais uma vez Caldas pediu o direito de resposta, e disse que Andrea utilizava helicópteros de empresas ligadas a Secretaria de Saúde para fazer campanha eleitoral em 2014. “Vossa excelência diz que o deputado Marcos Caldas usava os helicópteros para fazer campanha que eu não estava em campanha eleitoral, vossa excelência usou, está no processo da Justiça que vossa excelência, usou helicóptero vossa excelência fez as coisas tão descaradas que vossa excelência recebeu um doação de uma pessoa ligada a uma empresa que recebeu pagamento na Secretaria de Saúde no mês de setembro”.

O parlamentar ainda acusou Ricardo Murad de obrigar os funcionários de um hospital estadual de Barreirinhas a votar em Sousa Neto que é cunhado de Andrea. A deputada então, perdeu as estribeiras, foi até a tribuna desferiu meia dúzia de palavrões ao adversário, que não ficou muito atrás e também devolveu os impropérios, até que os outros parlamentares interromperam a discussão. Sem alternativas e com os ânimos a flor da pele, o presidente não teve outra alternativa. “Fica encerrada a Sessão por falta de decoro”, decretou César Pires.

(Do blog do Marrapá)anuncio geraldin


Notice: Undefined variable: aria_req in /usr/local/lsws/wordpress/wp-content/themes/eliaslacerda/comments.php on line 64

Notice: Undefined variable: aria_req in /usr/local/lsws/wordpress/wp-content/themes/eliaslacerda/comments.php on line 69

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael