Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Carreta trancou a pista e motorista da D20 não teve como evitar colisão que matou brigadista nesta quinta na BR 316

A polícia civil de Timon já sabe que foi a carreta que provocou o acidente com a D-10, placa HVH 4718, de Timon, ocorrido na manhã desta quinta-feira (3) , por volta das 7 horas e 30 minutos,  na BR 316 entre o município timonense e Caxias .

Levantamentos preliminares dão conta que antes do acidente um outro envolvendo uma motoqueiro havia acontecido muito próximo ao local, o que tinha feito homens da polícia rodoviária federal pararem uma viatura nas imediações para saber mais sobre a situação. Ao avistar os veículos parados, o caminhoneiro que vinha de Caxias teria tentado brecar a carreta, o que fez o carro perder o controle e fazer uma “L” na pista. A  D20 estava no sentido Timon Caxias e o motorista não teve como evitar a colisão.

A polícia ainda reúne informações sobre o fato. Técnicos do Instituto de Criminalística (ICRIM) tiveram acesso ao  tacógrafo da carreta para saber a velocidade do veículo no momento do acidente.

A colisão matou Bruna Feitosa de Sousa, de 24 anos (na foto acima), passageira da D20. Ela era brigadista e filha de uma funcionária da 4ª delegacia de polícia de Timon.

Além dela, Lucivaldo Pereira da Silva, 35 anos, teve escoriações e Antônio Francisco Oliveira,  [condutor], 37, sofreu trauma torácico e passa por cirurgia.

O motorista da carreta não sofreu nada.

Homens do Samu de Timon fizeram o socorro aos acidentados.

 

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael