Anuncie
Saúde

Frango não deve ser lavado antes do cozimento, alertam autoridades



Joedson Nunes - Arquiterura

De acordo com órgão americano, há risco de que a carne e os ovos contenham bactérias que podem se espalhar com o procedimento

Para muitas pessoas, lavar os ingredientes antes de preparar a refeição é um hábito comum. No entanto, especialistas advertem que alimentos como frangos não devem ser lavados quando estão crus, pois há risco de que os micróbios presentes se espalhem pela pia, contaminando utensílios de cozinha e outros alimentos. Essas bactérias podem causar doenças, especialmente a Campylobacter, cujos sintomas são vômito, febre, dores abdominais, náuseas e diarreia. Aliás, ela é a uma das causas mais comuns de intoxicação alimentar. Esse microrganismo está presente não somente no frango, mas em outros tipos de carne, além de ovos, vegetais crus e leites não pasteurizados.

Diante dos riscos, recentemente o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) reiterou o alerta feito anteriormente por outras organizações de saúde. O principal motivo para a recomendação está na quantidade de frango ingerida pelos americanos, que cresce a cada ano. Apesar disso, o alerta – emitido através do Twitter – dividiu opiniões: desde agradecimentos e rejeições (especialmente entre aqueles que não confiam na higiene das embalagens) até críticas sobre o teor alarmista da orientação.

Ainda assim, a entidade manteve o posicionamento, acrescentando que não havia motivo para pânico e que a melhor maneira de limpar uma ave é cozinhá-la bem. “Não se deve lavar nem o frango nem outras carnes ou ovos antes de cozinhá-los. Isso pode propagar micróbios por toda a cozinha”, recomendou o órgão. Segundo a BBC, o alerta ainda serve para os brasileiros, que frequentemente recebem recomendações para lavar as aves antes de cozinhar.

Em 2014, a Agência de Regulamentação Alimentar do Reino Unido (FSA, em inglês) já havia advertido sobre os riscos associados à lavagem do frango antes do cozimento. A advertência veio pouco depois de um pesquisa revelar que 44% dos britânicos lavavam a carne crua apenas por hábito ou por acreditar que a lavagem eliminava germes.

Da veja on line

Você pode ler também!

Deixe um comentário



Barro Forte