Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Morre em São Paulo o ex-ministro do Planejamento João Sayad

Ex-ministro do governo Sarney foi um dos idealizadores do Plano Cruzado e professor na USP

Joao Sayad ministro economista
Morreu neste domingo (5/9) o professor e economista João Sayad, que completaria 75 anos no próximo dia 10 de outubro. Ele teve complicações em decorrência de um câncer e estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Sayad foi ministro do Planejamento, no governo José Sarney (1985-1990), período em que ajudou a elaborar o Plano Cruzado, na tentativa de combater a inflação.

“Mantive, desde o tempo da transição democrática, com Sayad uma amizade muito profunda”, escreveu Sarney em trecho de comunicado.

Sayad ocupou diversos cargos, além do ministério no governo Sarney. Ele esteve à frente da Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo (1983-1985), da Secretaria de Finanças do município de São Paulo (2001-2003) e da Vice-Presidência de Finanças e Administração do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Em nota, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) lamentou a morte do economista e lembrou sua trajetória, como a publicação de diversos artigos e livros sobre a economia brasileira.

“Homem afável, de sorriso largo e gosto refinado para as artes”, definiu a CNI em nota.

Sayad também foi secretário de Cultura do estado de São Paulo (2007-2010) e presidente da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura (2010-2012).

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, declarou pelo Twitter que Sayad foi uma das pessoas mais admiráveis que já conheceu. “Inteligente, bem-humorado, generoso”, escreveu.
Do Metrópoles

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael