Selo Unicef: projeto prevê redução de casos de abandono escolar e distorção idade/série

20190911_095410

A comissão de articulação do Selo Unicef 2017/2020 de Timon, juntamente com coordenadores gerais da secretaria municipal de Educação (Semed), se reuniu para debater a implantação do projeto “Trajetórias de Sucesso Escolar”, elaborada pelo UNICEF com o objetivo de apoiar municípios e estados na definição, implementação e avaliação de políticas e ações de superação do fracasso escolar e enfrentamento da distorção idade-série.

 

O projeto faz parte das ações do selo que estados e municípios devem implementar para reduzir o abandono escolar e a reprovação escolar. “Essa estratégia visa contribuir com as escolas públicas na construção de boas práticas para que estudantes que estão em atraso escolar consigam superar seus desafios e alcançar o sucesso”, explica a articuladora do Selo Unicef no município, Alexandra Moraes.

20190911_095435

Segundo dados do Censo Escolar de 2017 há, no Brasil, 7,2 milhões de crianças e adolescentes em atraso escolar, ou seja, que possuem dois ou mais anos de atraso em sua trajetória porque, em algum momento, foram reprovados ou evadiram e tiveram que retornar para o mesmo ano escolar. Nesse sentido, estados e municípios devem desenvolver metodologias e currículos específicos para estimular e orientar as escolas. “Para conseguirmos implementar estas ações, precisamos do apoio e da colaboração intersetorial e da sociedade civil para mobilizarmos e sensibilizarmos as escolas, as famílias e os alunos na implementação de políticas que nos auxiliarão a reduzir essas desigualdades”, ressalta a secretária municipal de Educação, Dinair Veloso.

20190911_095846

Até dezembro, Timon deve entregar um diagnóstico do município com o plano de ação a ser implementado. Já em fevereiro de 2020, a Semed precisa iniciar um projeto piloto que coloque as estratégias em desenvolvimento. Dentro das políticas que devem ser implementadas, estão ações de prevenção para que não haja novos casos de abandono e distorção idade/série.

 

Da assessoria

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Barro Forte
WhatsApp chat