Destaques

Deputado Rafael parabeniza Timon por seus 132 anos e faz balanço do mandato

Na última Sessão do ano na Assembleia Legislativa, ocorrida nesta quinta, 22, o deputado Rafael parabenizou a cidade de Timon pelos 132 anos e comentou sobre o alinhamento das ações do governo estadual para o município, viabilizadas através de seu mandato, que, segundo ele, recolocaram Timon no mapa do Maranhão.Rafael iniciou a fala parabenizando os parlamentares que não foram reeleitos em outubro. Agradeceu a amizade, o trabalho e a parceria nesses quatro anos de mandato. Lembrou que, reeleito, dará o seu melhor neste novo mandato, mantendo um padrão de ações e projetos voltados para o bem-estar dos maranhenses. Em relação à Timon, aniversariante do dia, o deputado lembrou que nos últimos 8 anos a parceria entre o governo do Maranhão e o seu mandato, enviou para cidade centenas de ações de infraestrutura, saúde, educação, esporte, lazer e reforço na segurança alimentar, com destaque para o Restaurante Popular.“Parabenizo todo o povo de minha cidade. Durante estes oito anos do governo Flávio Dino, e agora com Carlos Brandão, a cada obra que chegava em nossa cidade, nos sentíamos mais maranhenses. Parabéns, Timon!”, comentou o deputado.

 

Da assessoria

3 Comentários

  1. Timon que até o conselheiro Saraiva se estimulou para justificar a mesopotamia teresina tirando OEIRAS do posto de capital do Piauí projetando TERESINA.
    Na intencao de inna, buscava na vila das camareiras hoje TIMON a outra TERESA CRISTINA pra nomorar em Teresina. Timon que respira, seja pra trabalhar, se divertir, fazer politica, morar e até mesmo pra apreciar o pôr do sol de cima das pontes sobre o velho monge.
    Parabéns a todos de Timon que fazem nossa cidade cada dia melhor. 132 anos parabéns!

  2. Gostaria de parabenizar nossa querida Timon pelos 132 anos de emancipação política. Uma cidade muito estimada por mim, pois tenho muito orgulho de ser timonense. Está na hora de nossa linda Timon deixar a “Meninice” e adentrar na vida “adulta”, reconhecendo sua importância e trabalhando para crescer e desenvolver-se. Ao longo desses 132 anos, nossa querida cidade foi discriminada, tratada com desrespeito e até desprezo por muitos, que não tem noção da grandeza e importância dela (os próprios timonenses em sua maioria não tinha essa consciência). Felizmente parece que já dá sinais dessa “autoconsciência”, isto é de seu próprio valor e de seu poder (antes tarde do nunca). Timon nasceu para liderar e brilhar. Ainda está cheia de problemas e desafios, porém nós timonenses precisamos desenvolver a consciência da importância de nossa cidade e do potencial que a mesma tem. Não devemos permitir nunca mais que nossa querida cidade seja tratada com desprezo por quem quer que seja, não devemos aceitar que nossa cidade seja tratada como algo de segunda categoria especialmente pelos políticos, como acontecia sempre num passado não muito distante. E o que fazer? Investir no próprio “autodesenvolvimento”. Para isso, no meu entender, o segredo passa por desenvolver a consciência política dos timonenses. Timon deve ser integrada em todos os aspectos possíveis à sua condição ao Estado do Maranhão Precisa de muitas obras estruturantes como um contorno rodoviário, recuperar as estruturas das avenidas, construção de uma nova rodoviária, um novo hospital, um campus universitário, construção de ambientes de lazer na zona urbana, um novo posto fiscal, uma nova ponte e também de uma política de geração de emprego e renda, etc. Nossa linda Timon pode mais, e precisa de mais. Precisa buscar e desenvolver seu poder econômico e político. Para que possa fazer investimentos e se tornar mais linda e forte. Nossa querida Timon pode ser útil a si mesma, ao nosso querido Maranhão, ao Brasil, e ao mundo. Parabéns à nossa linda e querida Timon!!

  3. Aproveitando o ensejo do aniversário de nossa Timon, gostaria de fazer-lhe uma sugestão deputado Rafael. Já o vi dizer algumas vezes em entrevistas, que o seu maior objetivo sempre foi colocar Timon no mapa do Maranhão. Só em afirmar isso já tem o meu respeito como cidadão. Sabemos que não bastam só palavras, e pelo que sei, o senhor não ficou só em palavras. Articulou algumas ações para o nosso município. isso foi importante. O senhor tem acesso ao governo do Maranhão, pois é líder na Assembléia Legislativa. Nosso município ainda necessita de muita coisa. Gostaria de lhe dar um sugestão na área cultural. Essa sugestão diz respeito a construção de um CENTRO CULTURAL em nossa cidade, que fosse mantido pelo governo do estado do Maranhão. Acho que ficaria ótimo a denominação de CENTRO CULTURAL ODYLO COSTA FILHO, pois o referido nome é de um importante escritor e jornalista brasileiro nascido no Maranhão (São Luís), e até onde eu soube parte da família dele era de Timon, e que o mesmo foi o responsável por indicar o nome TIMON à antiga vila de FLORES, já que teve de mudar de denominação por causa de lei federal que não permitia à época mais de uma cidade com o mesmo nome (Já havia no Brasil cidades com a denominação de Flores). Assim, a vila de FLORES teve que mudar de denominação, recebendo o nome TIMON (homenagem ao historiador João Lisboa). Ouvi dizer que ODYLO COSTA FILHO foi quem sugeriu essa denominação á época (cabe aos historiadores confirmarem ou não). Mas, seja como for ODYLO COSTA FILHO de certa forma faz parte da história de Timon, pois temos inclusive o nome da biblioteca municipal em sua homenagem. Sabemos que nomear é tomar posse. Ele tem sua importância na história literária e jornalística brasileira, e acho que seria algo muito interessante se construir um Centro Cultural estadual em nossa cidade e ainda fazer-lhe essa homenagem. A localização ideal em meu entender, poderia ser entre ADVTI (Associação dos Deficientes Visuais de Timon) e o Corpo de Bombeiros de Timon, às margens da av. Presidente Medici, pois aquela área é cheia de mato e lixo. Além disso, fica próximo a vários bairros de nossa cidade como o bairro Mangueira, Santo Antônio, Formosa, São Marcos, Planalto Formosa, Parque Aliança, Cidade Nova, e Parque Alvorada. Esse Centro Cultural poderia ser o elo de ligação entre Timon e a Secretaria de Cultura do Estado do Maranhão e ofereceria um espaço para a prática e o estudo das mais variadas expressões artísticas como teatro, dança, música, audio-visual, manifestações folclóricas etc. Serviria para nossa população (crianças, jovens, adultos e idosos) praticar e estudar as artes. Seria inclusive interessante convidar algum dos filhos de ODYLO COSTA FILHO para falar sobre a trajetória do pai, em alguma ocasião no Centro Cultural. O ideal seria construir o Centro Cultural, com uma praça com o mesmo nome (seria sonhar demais?). O senhor dep. Rafael se porventura se interessar pela sugestão poderia buscar o auxílio do futuro vice-governador Felipe Camarão que já veio algumas vezes em Timon. Sei que essas coisas não são tão simples assim, tem um trâmite e um custo, mas seria sonhar demais? De qualquer maneira fica a dica!

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade