Falece o ex-vereador de Timon, Joaquim das Neves e a Câmara suspende sessão

Acima veja Joaquim das Neves (camisa branca) ao lado do advogado Jaconias Morais em atividade política do ano passado. Além de amigo pessoal de Jaconias, Joaquim também era vice-presidente do PSC, partido pelo qual o advogado iniciou campanha como candidato a prefeito da cidade no ano passado.

Um novo infarto enquanto estava internado no hospital Santa Maria em Teresina terminou por levar a morte o ex-vereador de Timon, Joaquim das Neves. Ele tinha 70 anos.

O infarto aconteceu perto de duas horas da madrugada e o ex-vereador não resistiu.

Joaquim das Neves estava internado há dias no hospital tratando exatamente de alguns outros infartos que sofrera (saiba mais clicando aqui).

O presidente da Câmara Municipal de Timon, Uilma Resende, suspendeu a sessão desta quarta-feira, dia 3, em virtude do falecimento do ex-vereador.

Elias Lacerda

Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade

7 comentários sobre “Falece o ex-vereador de Timon, Joaquim das Neves e a Câmara suspende sessão

  1. Meus sentimentos a familia, e que Deus lhe dê o descanso eterno a esse grande homem de luta, va com Deus amigo.

  2. Mais um amigo vai embora, Joaquim das Neves deixou um grande legado, cidadão amigo, nossos sentimentos a família, um grande abraço para minha querida Francisca

  3. Bom dia!
    Nós reconhecemos seu trabalho, sua missao foi cumprida e Deus te leve em paz. O desencarne é algo que nos entristece mas infelizmente nao vinhemos pra ficar. Aos familiares em none da zuleide eu deixo aqui meua voto de pesar a todos.

  4. eu só tenho que agradecer esse grande amigo que o senhor receba ele pra gloria do senhor o céu hoje estar em festa pra receber ele

  5. ALVO MAIS QUE A(S) NEVE(S)

    Conheci-o, muito superficialmente. Sempre o via apressado, como quem quisesse resolver algo com extrema urgência para alguém. Quando surgia em algum local, de imediato ingressava em seu Fiat, depois já me deparava com ele em outro local, sempre apressado. Transmitia-me simplicidade, muita simplicidade, destituído de maldades e ofertando sorriso de menino. Nunca estabelecemos comunicação que fosse além do oi, alô, olá, mas ficaram testemunhos de um ser de leveza. Que Deus o receba alvo mais que a neve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *