Henrique Júnior considera Centro de Zoonoses serviço essencial e pede reabertura do órgão em Timon

O vereador Henrique Júnior disse considerar o serviço de vigilância de zoonose ( UVS ) , órgão ligado à secretaria de saúde um serviço essencial. Em Timon o serviço foi suspenso desde o dia 23 com o primeiro decreto do prefeito Luciano Leitoa .

Henrique Júnior diz que não é momento para apontar o dedo e sim dar sugestões . O vereador afirmou considerar  necessário o funcionamento e que pode ser feito no sistema de rodízio adotando as orientações do Ministério da Saúde.

Entende ele que o atendimento clínico de rotina pode ficar para depois da quarentena , mas que se deixe um veterinário para atender os serviços emergenciais , pois poucos timonenses tem poder aquisitivo para uma consulta com veterinário particular.

Henrique Júnior afirma ainda que a “interdependência entre as saúdes humana, animal e ambiental,  é chamada de Saúde Única e não pode deixar de existir a  assistência durante tanto tempo. “ “Recebi vários relatos triste desde abandono de animais em frente ao Centro de Zoonose , até de pessoa voltando com seus animais doentes para casa, sem atendimento , isso não podemos aceitar”, disse.

O vereador contou que enviou comunicado a ouvidoria do município e também ao prefeito Luciano Leitoa sugerindo que o gestor municipal possa rever essa parte do decreto.

2 cometários

Lina
Comentou em 01/04/20

Parabéns vereador! É um serviço essencial e de saúde pública.

Milena
Comentou em 06/05/20

Alguém sabe o número da zoonose para coleta de animais que estar doente?

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
TekyNik