Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Justiça de Timon deve endurecer no combate a invasões de terras no município

O judiciário de Timon parece disposto a ajudar no combate a indústria das invasões de terras nas zonas urbana e rural do município. As invasões tem se tornado comuns, especialmente na zona urbana onde é de conhecimento de muitos existir muitas áreas invadidas.

Pior é constatar que em muitas dessas áreas os invasores constroem casas de padrão alto para quem diz que não condições de comprar um terreno. Algumas das residências são bem estruturadas com muros e cercas elétricas, o que expõe existir muitos espertalhões se aproveitando desse tipo de crime.

O ministério público e a própria prefeitura sabe que não são poucos os que invadem terrenos na zona urbana e já possuem residência em outro local.

Na semana passada (quinta-feira,13) o judiciário timonense deu o primeiro sinal no sentido de impor um freio nesse tipo de crime abusivo na cidade. Por determinação do juiz José Weliton Sousa Carvalho foi reintegrada a Imobiliária Rural uma área de 92 hectares entre o presídio Jorge Vieira e a avenida Luis Firmino de Sousa ( veja fotos acima). O terreno havia sido invadido por várias famílias. A desocupação da área foi feita pela polícia militar acompanhada de um representante do ministério público e da prefeitura de Timon.

Homens do Batalhão de Choque de São Luis foram enviados para a missão que aconteceu pacificamente.

Nos bastidores do judiciário há informações dando conta de que pelo menos três novas ações transitam na justiça local com novos pedidos de reintegração de posse. As decisões do judiciário para novas reintegrações devem acontecer até o próximo ano.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael