Logo Elias Lacerda
                           Clínica São Rafael

Justiça marca julgamento do jornalista Arimateia Azevedo

A 8ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, por meio do  juiz Washington Luiz Gonçalves Correia, marcou para o dia 30 de outubro deste ano, às 10h30min, a audiência de instrução e julgamento da ação penal dos réus jornalista Arimatéia Azevedo e o professor Francisco de Assis Barreto, ambos acusados do crime de extorsão. Eles foram presos em junho deste ano pelo Grupo de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Greco) sob acusação de extorsão contra o cirurgião plástico Alexandre Andrade Souza.

Arimateia Azevedo é dono do Portal Az e Francisco de Assis Barreto é professor na Universidade Estadual do Piauí (UESPI). De acordo com a denúncia do promotor de Justiça José Eduardo Carvalho Araújo, o jornalista e professor receberam R$ 20 mil do médico após chantageá-lo. O jornalista teria dito ao médico que receberia a quantia em dinheiro em troca da não publicação em seu portal sobre um suposto erro médico praticado pelo cirurgião. Depois de repassar o pagamento ao Arimateia e o professor, o médico Alexandre Andrade Sousa realizou a denúncia à Polícia Civil.

Arimateia e Francisco foram presos preventivamente no dia 12 de julho deste ano em Teresina.  Se condenado, Arimateia Azevedo poderá pegar de quatro a dez anos de prisão, além de pagamento de multa.

O jornalista está em prisão domiciliar e proibido de escrever sua coluna no Portal AZ. A coluna está sem poder ser atualizada há 70 dias por causa do embaraço jurídico que envolve a denúncia contra o jornalista.

 

Do portal piauíhoje.com e acréscimo do eliaslacerda.com

1 comentário

Joserisvaldo
Comentou em 20/08/20

Meus amigos da imprensa de verdade, meus queridos e valorosos magistrados de bom senso, minha justiça das mas brilhante carta magna brasileira, desculpem pela minha mensagem se algiem ae sentir ofendido!

Tem JORNALISTA, RADIALISTA, JUIZ(AS), PROMOTOR (AS), DESEMBARGADOR (AS) MINISTROS SÓ NÃO VOU ESCREVER MINISTRAS, PQ AINDA NÃO TENHO DUVIDAS DE TODAS ELAS QUE SÃO POUCAS Q ESTÃO OCUPANDO O ALTO PODER DA TOGA DO JUDICIÁRIO DESTE PAIS.

PRENDER TONY TRINDADE E ARIMATEIA AZEVEDO, É ABRIR EXCESSÃO PRA ALGEMAR DIVERSOS PILANTRAS QUE DESMORALIZAR TAMBEM OS NOSSOS BONS MAGISTRADOS.

ELES NÃO TIRARAM A VIDA DE NINGUEM, SE ESTÃO ERRADOS QUE A JUSTIÇA PEÇA O REPARO DO DANO E OS CONDENEM DEVOLVENDO SEUS BENS A SOCIEDADE EM MOEDA CORRENTE DO PAIS COMO PENA.

OU EU ESTOU ERRADO?
ORA MAS ESSA?!!

“É UMA LASTIMA DEOCLECIO”
AMADEU CAMPOS.

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael