Logo Elias Lacerda
Clínica São Rafael

Justiça pode derrubar barreiras sanitárias nas pontes de acesso a Teresina nesta semana

As barreiras sanitárias implantadas pelo prefeito Firmino Filho nas pontes de acesso a capital do Piauí e que tem incomodado timonenses e maranhenses que desejam entrar em Teresina, podem ser desativadas esta semana por decisão judicial.

Uma ação impetrada na justiça federal pela OAB de Timon deverá ser julgada nesta semana com pedido de revogação do decreto do prefeito de Teresina.

De acordo com informações colhidas pelo eliaslacerda.com junto a um membro da diretoria da OAB timonense, o prefeito Firmino Filho e sua assessoria jurídica já teriam sido notificados a se pronunciarem sobre o pedido e tem até amanhã , terça-feira (2), para se manifestar.

Na opinião de nossa fonte, caso tudo ocorra dentro da normalidade, a justiça federal pode julgar a questão até sexta-feira próxima, dia 5.

Justiça Estadual do Piauí

Dois mandados de segurança com pedido de revogação do decreto do prefeito já foram impetrados na justiça estadual do Piauí. Um sob articulação do vereador Henrique Júnior e outro pelo advogado João Vitor Serpa. Nos dois casos o juiz sequer julgou o mérito dos mandados por entender que ação deveria ser coletiva e não individual.

O advogado João Vitor informou ao eliaslacerda.com que recorreu da decisão para o Tribunal de Justiça do Piauí.

 

2 cometários

Joserisvaldo
Comentou em 02/06/20

Antes ja havia dito. Para bom observador não adiantou, nao adianta mais. Os km de sofrimentos que nossa gente passou com ou sem o decreto ja foi resolvido.

Para mim as barreiras devem continuar óbvio, o que nao devia era o prefeito de Teresina entender que TIMON era MEXICO E TERESINA os Estados Unidos da América achando que nós seriamos ilegais pra entrar lá

Mas o PREFEITO flexibilizou a fiscalização diante do inferno que ele causou lendo a materia do deste Bolg Elias Lacerda e recebendo ligações de autoridades locais para facilitar a passagens de pessoas e veiculos nas pontes.

O pedido na justica de derrubada do decreto, era pra ter sido preparado e impetrado antes do lovo terem sido humilados. Dormiram.

Agostinho Soares Batista
Comentou em 02/06/20

Verdade! Nós Timonenses fomos tratados com preconceitos, humilhações.
Se fosse para tomar decisão de não passar para o lado de teresina, deveria ser nossa, visto que, é lá na capital que se alastra a passos largos a dissiminação do coronavírus.

Deixe um comentário

Você pode ler também!

Não desperdice seu tempo e garanta sua hospedagem Dgi Cloud hoje!
Clínica São Rafael