Destaques

Saiba como foi a operação para eleger Celso Tacoane presidente da Câmara de Timon

Não foram necessárias somente as articulações políticas que resultaram na eleição do vereador Celso Tacoane, do PC do B, presidente da Câmara Municipal de Timon. Com 10 vereadores fechados no apoio ao seu nome, Celso necessitou da ajuda de aliados do governo numa operação cercada de prevenções contra assédios de vereadores e lideranças da oposição, afinal bastava tirar apenas um vereador para que Celso Tacoane perdesse a eleição.

Para tanto, Celso Tacoane (na foto acima) e os 10 companheiros vereadores se cercaram de precauções adotadas precocemente, muito antes do pleito.

Faltando cerca de 15 dias para a eleição, os vereadores da base da prefeita Dinair Veloso se isolaram em sítios e lugares onde não pudessem ser encontrados por interessados em mudar suas posições políticas em relação a eleição.

Segundo levantamento do eliaslacerda.com, o primeiro sítio na zona rural de Timon, que hospedou os vereadores foi o de propriedade do ex-prefeito Luciano Leitoa. No local ficaram por alguns dias, mas mesmo assim ainda não se sentiram seguros, pois segundo relato de alguns deles, a privacidade só durava enquanto os telefones estavam desligados. “Era só ligar o telefone e logo vinham ligações de interlocutores da chapa da oposição. Os assédios eram tantos que logo ficaram sabendo onde estávamos”, disse um vereador .

Na semana que antecedeu a eleição, os vereadores decidiram deixar os limites do município de Timon em busca de mais segurança para o pleito que se avizinhava. Foram então para a cidade de Barreirinhas, no litoral do estado.

Lá permaneceram até o domingo, dia 10, quando retornaram a Timon. Chegaram no final do dia e dormiram a última noite no BG, sítio de propriedade do ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual Chico Leitoa.

Na manhã de segunda, dia 11, chegaram todos juntos a Câmara Municipal para a eleição em uma Van. Desceram do veículo de braços dados e se dirigiram a sessão da Câmara Municipal que elegeu Celso Tacoane o novo presidente.

Foi essa a jornada que elegeu Celso Tacoane o novo presidente da Câmara Municipal de Timon, cargo que assumirá em janeiro de 2023.

A estratégia não é nenhuma novidade. Na última eleição que elegeu o atual presidente Uilma Resende, a oposição também se confinou em um sítio para fugir dos assédios e pressões…

5 Comentários

  1. Que nível de politicos nós temos. Se tem dignidade e é leal aos seus princípios não precisa se esconder. E com certeza quem ficou do lado governista também fez suas exigências. Sinceramente!!!!.

  2. Mas o próprio Luciano disse que não era comportamento de pessoas sérias se esconderem em sítios, e agora os vereadores se esconderam no sítio dele e do pai dele.
    Eles sempre utilizam do façam o que eu digo mas não façam o que eu faço.

  3. Uma união dessa aí nunca aconteceu pra defender políticas públicas para o povo timonense, mas pro interesse deles… Ô Lasqueira!

Faça um Comentário

Elias Lacerda

Elias Lacerda

Elias Lacerda
Jornalista apaixonado pela notícia e a verdade